Linhares Jr.

Merece respeito

A indiscutível personalidade de Bira do Pindaré nas eleições

Bira é um dos poucos esquerdistas que não faz campanha tentando escalar as bolas de Flávio Dino e/ou Lula nestas eleições
Continuar lendo
Assumido

Candidato do PCdoB em São Luís diz que “aprendeu com Lula”

Acusado de chefiar a maior quadrilha de corruptos do Brasil e condenado em várias instâncias por roubo é grande inspiração de Rubens Pereira Jr
Continuar lendo
Artigo

Braide inexplicável

Encontro um cidadão que não sei bem direito a sua profissão, mas foi meu aluno, no velho Colégio Maristas, e veio arrotando sapiência histórica, francamente incomodado com a minha matéria, quando aventei a hipótese do deputado Braide se juntar, no mesmo patamar da maior tríade de liderança política da ilha: Cafeteira, Castelo e Jackson.

Tentou depreciar o deputado Braide, trazendo o ex-deputado Neiva Moreira para uma injustificável e mentirosa comparação. Sem querer discutir a memória do Neiva que foi um grande político e teve atuação decisiva em muitos momentos, não dei trela ao falastrão, mas comparar um Neiva Moreira, como liderança popular, a um Cafeteira, é demais, entretanto, em favor da verdade, esse citado falastrão ventrilocava a voz de outrens e o inconformismo não era comigo, era com o sucesso do deputado Braide.
O diabo é que esse apelo popular ao deputado é inexplicável, pelo menos para mim e explico o porquê. Uma maneira fácil e rápida de ter apoio é comprando corações e mentes, com dinheiro, normalmente dinheiro bandido. Pelo que me conste, o deputado Braide ainda não meteu a mão no bolso e não a meterá. Nenhum eleitor do deputado Braide necessitara ser convencido com dinheiro. Ninguém será corrompido com o vil metal.
Outra maneira boa de se eleger é ser o queridinho de algum palácio e, no caso dessa eleição, há três palácios relevantes: Planalto, Leões e La Ravadière.

Em Brasília, o deputado Braide não pode ser alcunhado de bolsonarista, tampouco esquerdista, pelo contrário, tem tido uma postura consciente, não radical, como é o seu estilo, pelo bem do Brasil. Certamente não é e nunca será um pau mandado do Palácio do Planalto.

No Maranhão e, especificamente, São Luís, ninguém olha o deputado Braide como inimigo, nem do governador Dino e nem do prefeito Holanda, mas, para o bem dessa cidade, nunca será um serviçal político, quer do governador, quer do prefeito.

Quem ganha com isso, creio, é o cidadão de São Luís, pela perspectiva de ter um prefeito descompromissado com acordos rasteiros e compromissado, exclusivamente, como progresso dessa maltratada ilha. Ademais, poderá, pelo bem do povo dessa cidade, ser parceiro tanto do governo estadual, como do governo federal. De novo, o povo de São Luís será premiado.
Continuo com a minha perplexidade. A família Braide tem outros nomes na política, mas não constituem um clã hegemônico, o deputado, no máximo, é um brigador por emendas parlamentares, principalmente em ações meritórias para saúde (que o diga o Hospital Aldenora Belo e Santa Casa do Maranhão), mas isso é muito pouco para enfrentar a força política de qualquer palácio.

O debate é outro ponto interessante. Ninguém espere do candidato Braide, em um debate, frases fortes, de efeito, agressivas, impactantes para pôr em dificuldade os adversários. Ninguém espere críticas agressivas e, principalmente, mentiras contra qualquer outro candidato, coisas absolutamente comuns em quem almeja cargos políticos.
É impossível um achincalhe da boca do deputado Braide e, pelo que vejo, o deputado Braide não aceitará nenhuma provocação de qualquer concorrente e, mais ainda, provocação de parte de algum trânsfuga político, desses que alugam a sua pena, sua boca e seus neurônios para agressões e sacanagens.

A propósito, mesmo sem saber se o deputado Braide lerá esse escrito, o aconselho a não aceitar nenhuma provocação de qualquer um dos costumeiros desqualificados, useiros e vezeiros dos momentos eleitorais. Não os responda, deixe isso para as pessoas conscientes fazerem e a melhor resposta, inclusive, é o voto.

O estilo deputado Braide, futuro Prefeito Braide é da paz e da concórdia, da proposição em vez de guerra, da educação em vez de atrito. Tudo isso poderia, em outro, significar perda de votos, de liderança, em Braide, não é.
E caso dependesse dos chamados políticos de nome, o deputado estaria perdido, do mesmo modo o deputado Braide não tem influência em nenhum sistema de rádio, jornal e TV, então, como não sei explicar, pergunto, agora, para você, caro leitor: qual o segredo desse deputado Braide, para estar tão vivo no coração do povo?

Como tudo isso foge da simples lógica, busco resposta na palavra fé, que explica o inexplicável. Como a fé tem uma absoluta afinidade com oração, creio que tem muitos e muitas orando por ele, pensando assim, a explicação tem aspecto de um milagre, eu creio em milagres e acho que o deputado Braide crê também.

Tenho dito.

João Bentivi é médico otorrinolaringologista, legista, jornalista, advogado, professor universitário, músico, poeta, escritor e doutor em Administração, pela Universidade Fernando Pessoa, Porto, Portugal.

Repercussão nacional

Candidato do DEM à Prefeitura de SLZ denuncia fake news sobre vídeo com ator pornô

Ex-secretário do governador Flávio Dino (PCdoB), Neto Evangelista diz que até sua filha adolescente recebeu a montagem feita com o rosto dele
Continuar lendo
Na cara-dura

OMS mente ao dizer que “nunca advogou por lockdown nacional”

Entidade globalista que ERROU TUDO sobre a peste chinesa mente descaradamente de novo e agências de suposto “fact-checking” se calam

Sim, meu caro leitor. A OMS mentiu. Mentiu bastante. Errou muito. E agora, quando o mundo contabiliza toda a desgraça de ter seguido suas orientações, tenta tirar o corpo fora.

A mentira da OMS foi manchete até na Veja: “‘Nunca advogamos por lockdown nacional’, diz OMS”.


Este é o problema de ter a China como cúmplice: para o Partido Comunista Chinês é fácil moldar o passado ao seu gosto e sumir com conteúdo da internet. Ocorre que isto só é possível dentro da China. Em grande parte do Ocidente, a mentira ainda pode ser desmascarada.

O Projeto Comprova – que em maio classificou como “desinformação” reportagem de um blog de direita que trazia exatamente a mesma informação que diversos órgãos da grande mídia publicaram esta semana – até o momento não fez nenhum textão.

Pela segunda vez

Duarte Jr suspeito de promover baixaria nas eleições

Pela segunda vez o nome do deputado Duarte Jr é ligado a campanhas de difamação e fake news na internet. Em março deste ano, assessores dele foram denunciados por Wellington do Curso.
Continuar lendo
Humor

Prioridades comunistas

Egoísmo

Fábio Porchat se manifesta contra crianças e família

Humorista disse que “ter filho é um inferno” porque responsabilidade pode atrapalhar suas conquistas pessoais
Continuar lendo
Tweet

Artigo

Uma experiência que falhou: Os lockdowns têm que acabar

Embora os custos econômicos e sociais tenham sido enormes, não está claro se os bloqueios trouxeram benefícios de saúde significativos

Os lockdowns normalmente são retratados como precauções prudentes contra a Covid-19, mas certamente são o experimento mais arriscado já conduzido com o público. Desde o início, os pesquisadores alertaram que os lockdowns podem ser muito mais mortíferos do que o coronavírus. Pessoas que perdem seus empregos ou negócios são mais propensas a ter overdoses fatais e suicídio, e já há evidências de que muitos mais morrerão de câncer, doenças cardíacas, pneumonia e tuberculose e outras doenças porque o bloqueio impediu que suas doenças fossem diagnosticadas precocemente e tratadas da forma correta.

Continuar lendo
Eleições 2020

Silvio Antônio denuncia “conspiração” contra sua candidatura

Pastor Silvio Antônio afirma que todos os demais candidatos temem sua candidatura e se voltaram contra ele para derrubá-lo

O candidato Pastor Silvio Antônio fez a opção definitiva pela caricatura nas eleições. Em live divulgada nas redes sociais, o candidato do PRTB afirmou que é vítima de uma “conspiração” promovida por institutos de pesquisa e demais candidatos.

Silvio Antônio disputa pela primeira vez um cargo no executivo e afirmou em live que aparece apenas com 1% nas intenções de voto por estar sendo retirado das pesquisas.

O candidato ainda disse que está enfrentando todos os demais candidatos. “São todos contra um”, disse.

Silvio Antônio, que se identifica como representante da direta em São Luís, citou raramente o presidente Jair Bolsonaro durante a última Sabatina de O Estado/Imirante e foi ameno nas críticas ao comunismo no Maranhão.

Ao que tudo indica, ao invés de optar pela defesa de valores, do ataque ao comunismo e defesa do legado Jair Bolsonaro, Silvio Antônio faz a opção pela fantasia.

Imperatriz

Violência de gênero são abordados em reunião do MPMA

O Ministério Público do Maranhão, por meio da 8ª Promotoria de Justiça Especializada em Defesa da Mulher de Imperatriz, promoveu nesta quinta-feira, 8, uma reunião on- line para tratar do tema “Violência de gênero e o papel da imprensa”.

Coordenado pela promotora de justiça Alline Pires Ferreira, titular da Promotoria, o evento teve como convidados a juíza Ana Paula Silva Araújo, titular da Vara Especial de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher; e os defensores públicos André de Oliveira Almeida, que atua na defesa da vítima da violência doméstica e familiar, e Fábio Souza de Carvalho, da área da infância e juventude.

Também participaram do encontro virtual servidores do Ministério Público e jornalistas.

Ao iniciar a reunião, a promotora de justiça destacou a importância do papel da imprensa na formação da opinião pública para o enfrentamento da violência de gênero, notadamente do feminicídio. “Informar, trazendo visibilidade ao problema, mas de uma maneira acertada e ética, comprometida com a complexidade do fenômeno, entendendo suas especificidades e sua verdadeira raiz”, indicou.

A representante do Ministério Público apontou que a própria Lei Maria da Penha sugere como forma de prevenção à violência doméstica a adoção de medidas integradas, reunindo diversos atores sociais, entre instituições públicas e entes sociais, como a imprensa.

Para Alline Pires Ferreira, a violência de gênero está diretamente relacionada com a questão da desigualdade entre homens e mulheres. “Em qualquer lugar do mundo, quanto maior a violência de gênero maior é a desigualdade de gênero. Portanto, se eu quiser resolver a questão da violência de gênero, preciso resolver a questão da igualdade”, defendeu.

Foram discutidos, ainda, dados estatísticos sobre o feminicídio no Maranhão, bem como a abordagem da imprensa acerca da violência de gênero.

Também foram abordados pelos representantes do Judiciário e da Defensoria Pública temas como as medidas protetivas e os cuidados que os meios de comunicação devem adotar para preservar as mulheres vítimas de violência doméstica e do feminicídio.