PRESSÃO

CPI da Petrobras: líder do PL vai apresentar proposta de investigação

Deputados querem maior participação do governo federal para conter alta no preço dos combustíveis.

O deputado Altineu Cortês (PL-RJ) vai apresentar um pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a gestão da Petrobras, depois de um novo aumento no preço dos combustíveis. O assunto foi debatido nesta segunda (20 junho), em reunião dos líderes partidários com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Os parlamentares discutiram ainda sobre taxação de lucros e política de preços praticada pela estatal. Sem a presença de todos os líderes, Lira definiu um novo encontro para debater o assunto nesta terça (21 junho), às 8 horas. O presidente da Casa não respondeu perguntas de jornalistas durante a coletiva.

A proposta de CPI foi levantada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), que questionou o aumento de preços da Petrobras, que começou a valer no sábado 18. O reajuste do litro da gasolina vendido às distribuidoras passou de R$ 3,86 para R$ 4,06 (um aumento de 5,2%). O diesel teve reajuste de 14,2%, saindo de R$ 4,91 para R$ 5,61.

De acordo com Arthur Lira, “os líderes vão conversar com seus deputados para dar respaldo ou não ao pedido de CPI”.

Deputados querem maior participação do governo na discussão

O presidente da Câmara afirmou que os deputados concordaram em cobrar uma maior participação do governo federal no debate sobre a gestão da Petrobras. “Sentimento quase unânime dos líderes. O  Ministério da Economia e o governo federal devem participar mais de perto dessas discussões.”

A movimentação no Congresso Nacional contra a Petrobras ocorre porque a estatal aumentou o preço dos combustíveis na mesma semana em que os parlamentares aprovaram projeto para tentar diminuir os valores.

A principal proposta diminui a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) sobre combustíveis para 17%. Hoje, Estados cobram até mais de 30%. O projeto foi encaminhado ao Palácio do Planalto. Bolsonaro tem 15 dias para sancioná-lo ou vetá-lo.

FRAUDE

Concurso da Assembleia Legislativa é anulado

O presidente da Assembleia Legislativa e deputado estadual, Othelino Neto (PCdoB), emitiu um comunicado afirmando que é necessário transparência no Poder Legislativo.

O presidente da Assembleia Legislativa e deputado estadual, Othelino Neto (PCdoB), anulou o concurso do Poder Legislativo após denúncias de fraudes no processo de avaliação dos candidatos.

O deputado emitiu um comunicado nesta segunda ( 20 de junho) nas redes socias afirmando que é necessário “transparência e a absoluta lisura de todos e quaisquer atos de gestão do Poder Legislativo”.

“Em razão dos registros e denúncias de falhas de execução, fiscalização e segurança na aplicação da prova objetiva, bem como pela correta interpretação sobre a LGPD, quando da divulgação do Resultado Preliminar, decidi anular a primeira etapa do Concurso da Assembleia Legislativa”, disse.

As provas objetivas do concurso público da Assembleia Legislativa do Maranhão para provimento de cargos do quadro de pessoal foram realizadas no dia 1º de maio, em mais de 20 locais, entre escolas e universidades de São Luís.

DENÚNCIAS

Na última terça ( 12 junho), o deputado estadual Yglésio Moisés ( PROS) denunciou uma suposta fraude operada por uma quadrilha no concurso público da Assembleia Legislativa do Maranhão.


“Parece que a quadrilha da fraude dos ‘concursos’ voltou a atacar. Inadmissível. Inadmissível. Inadmissível. Genro de desembargadora, esposa de advogado de alto coturno na cidade, irmão de ex-prefeita. Desrespeito gritante. Maranhão condenado”, disse Yglésio Moisés.


Yglésio afirmou que as mesmas famílias beneficiadas em um concurso público realizado em Paço do Lumiar, desta vez, foram atendidas no certame da Assembleia. “Em comum, uma conhecida fraudadora de concursos chamada Elmira, e muito provavelmente um advogado”, declarou.

MONTIM

Presos instauram princípio de rebelião em prisão de Bacabal

Segundo as investigações, detentos tentaram matar outros dois presos que estariam mantendo uma relação homoafetiva dentro da Unidade Prisional.

Investigações da Polícia Civil apontaram que um crime de homofobia foi a causa para o motim realizado por detentos dentro da Unidade Prisional de Bacabal, a 240 km de São Luís.

De acordo com a polícia, dois detentos estariam mantendo uma relação homoafetiva dentro do presídio, o que estava sendo reprovado por outros presos. Por causa disso, neste domingo (19/06), cerca de sete presos planejaram matar a dupla.

Inicialmente, foram usadas barras de ferro para tentar matar as vítimas, que conseguiram correr até a grade de saída de um dos pavilhões e pediram ajuda aos policiais penais. Os policiais usaram armas não letais pra evitar o homicídio pelas barras de ferro, mas depois os criminosos tentaram usar colchões para matar as vítimas asfixiadas contra as grades de um pavilhão.

O Corpo de Bombeiros e o SAMU foram acionados e conseguiram cortar algumas barras das grades que dão acesso à saída do pavilhão e assim as vítimas foram salvas. Por não conseguirem êxito no homicídio, os sete detentos iniciaram uma rebelião dentro da Unidade Prisional, mas acabaram detidos pela polícia penal.

Após o caso, os sete detentos envolvidos na tentativa de homicídio foram levados à Delegacia de Bacabal, onde foram autuados em flagrante pelo crime, com o agravamento de motivo torpe, racismo por orientação sexual e identidade de gênero, motim de presos e associação criminosa.

A carceragem do estabelecimento penal passou por vistoria, e, em seguida, os internos foram redirecionados às suas respectivas celas, segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária.

FOME NO CAMPO

Miséria estabelecida no Maranhão ganha repercussão nacional

Pesquisa exibida no programa Globo Rural deste domingo (19/06), da TV Globo, apontou que nas áreas rurais a fome atinge quase um milhão de casas.

Uma reportagem do programa Globo Rural, da TV Globo, exibida neste domingo (19/06) mostrou a situação de miséria estabelecida no Maranhão.

Segundo um levantamento feito pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), a fome atinge mais de 18% dos domicílios nas áreas rurais , o que representa quase um milhão de casas. E o Maranhão foi pego como exemplo utilizando moradores das zonas rurais das cidades de Santa Rita e Itapecuru-Mirim.

Além disso, são mais 14 milhões de pessoas com fome, de acordo com o 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, lançado na semana passada.

Em apenas um ano, o número de brasileiros sem ter o que comer saltou de 19 milhões para 33,1 milhões.

Assista a reportagem aqui.

Decisão

Japão proíbe definitivamente casamento entre pessoas do mesmo sexo

Decisão é um revés para os ativistas de direitos LGBTQ na única nação do G7 que não permite que pessoas do mesmo sexo se casem.

Um tribunal japonês decidiu que a proibição do país ao casamento entre pessoas do mesmo sexo não era inconstitucional, representando um revés para os ativistas de direitos LGBTQ na única nação do G7 que não permite que pessoas do mesmo sexo se casem.

Em março de 2021, ativistas tiveram uma pequena vitória depois de uma decisão do tribunal da cidade de Sapporo, favorecendo a alegação de que não permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo era inconstitucional. No entanto, no segundo caso sobre o assunto na história do Japão, três casais do mesmo sexo – dois homens e uma mulher –, a mesma alegação foi rejeitada em tribunal distrital em Osaka.

A decisão frustra as esperanças dos ativistas de ampliar a pressão sobre o governo para mudar as leis do país.

SAÚDE

Balsas registra caso suspeito de Varíola dos Macacos

De acordo com o prefeito Erick Silva (PDT), o paciente é um viajante recém chegado em Balsas e todos os protocolos de segurança foram tomados.

A Secretaria de Saúde do Município de Balsas informou um caso suspeito de Varíola dos Macacos à Secretaria de Estado da Saúde (SES). De acordo com o prefeito Erick Silva (PDT), exames que foram realizados foram encaminhados para a capital, São Luís.

“Secretário de saúde Raylson Félix acaba de me informar oficialmente que existe um caso suspeito da Varíola do Macaco em Balsas. Apenas suspeito, sem confirmação. Todas as medidas de segurança já foram adotadas e exame devidamente colhido e encaminhado para São Luís”, informou nas redes sociais.

Erick ressaltou que todos os protocolos de segurança foram tomados e que o paciente é um viajante recém chegado em Balsas.

“O caso suspeito da Varíola MonkeyPox como é conhecida é de um viajante recém-chegado em Balsas. Não há motivos para alarmes. Todas as providências de segurança já foram tomadas”, completou.

AVANÇO

Investimento na proteção de indígenas isolados aumentou mais de 300% sob Bolsonaro

Quase R$ 54 milhões foram investidos entre 2019, 2020 e 2021.

O investimento na proteção de indígenas isolados aumentou 335% no governo Jair Bolsonaro (PL), segundo o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marcelo Xavier. Quase R$ 54 milhões foram investidos entre 2019, 2020 e 2021.

Em entrevista à Revista Oeste, Xavier também falou das mortes trágicas do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips.

— Como tem sido o trabalho da Funai desde 2019, quando o presidente Jair Bolsonaro (PL) assumiu a Presidência?

Ao compararmos 2016, 2017 e 2018 com 2019, 2020 e 2021, houve um crescimento de mais de 335% de investimento na proteção de indígenas isolados. Foram quase R$ 54 milhões investidos. Isso é feito por meio de 11 equipes de proteção ambiental e 28 bases de proteção espalhadas pelo Brasil. No Vale do Javari, onde infelizmente dois rapazes morreram, houve apenas R$ 430 mil de investimentos em 2017. No ano seguinte, R$ 205 mil. Em 2019, a partir da minha gestão, investimos R$ 1,2 milhão. Em 2021, R$ 1,3 milhão. Temos muito mais investimentos efetivos do que em governos anteriores. E ainda falam em genocídio. Também há o investimento em fiscalização de terras indígenas, que cresceu mais de 150%. Foram mais de R$ 80 milhões investidos entre 2019 e 2021. A Funai distribuiu mais de 1,3 milhão de cestas básicas para 200 mil famílias indígenas. Isso equivale a mais de 30 mil toneladas de alimentos. Quando chegamos aqui, havia uma despesa de R$ 45 milhões; a verba era destinada para um projeto que pretendia fazer criptomoedas para os indígenas. É risível. É malversação do patrimônio público. Isso acabou. Não sacrificamos a vaca; deixamos ela viva e matamos os carrapatos.

ELEIÇÕES 2022

Aluísio Mendes é recebido por multidão em Turiaçu

Em ato promovido pelo prefeito Edesio, deputado federal recebeu o apoio de milhares de pessoas da região

O prefeito de Edesio Cavalcanti demonstrou força política em Turiaçu ao promover um encontro com o deputado federal Aluísio Mendes (PSC) e os deputados estaduais Adriano Sarney (PV) e Ricardo Rios (PDT). O evento atraiu milhares de pessoas de Turiaçu e de várias outras cidades da região do Gurupi.

A reunião deste domingo aconteceu no Haras Gui Cavalcanti e marcou o apoio do prefeito aos parlamentares. Para o deputado Aluísio Mendes, o evento mostra a força de Edesio na região. “É uma das grandes lideranças municipalistas do Maranhão e um gestor aprovado pelo povo. Tenho certeza de que nossa parceria continuará dando frutos para o povo de Turiaçu e será um sucesso maior ainda em outubro”, disse o deputado.

O ato promovido pelo prefeito Edesio contou com a participação de moradores de toda a cidade. “Estamos aqui reunidos para reafirmar nosso compromisso com os parlamentares que trabalham por Turiaço. O deputado federal Aluísio Mendes e os deputados estaduais Adriano Sarney e Ricardo Rios fazem parte da bela história do nosso município e temos que reconhece-los”, disse Edesio.

MASSACRE

Cinco novos suspeitos de envolvimento nas mortes de Dom e Bruno são identificados

As investigações seguem em sigilo e a polícia ainda não divulgou os nomes dos suspeitos.

Após a prisão de três envolvidos nas mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips, a Polícia Federal informou, neste domingo (19), que o número de suspeitos de participação no crime subiu para oito.

De acordo com as investigações, mais cinco homens que teriam ajudado os executores a ocultar os corpos de Dom e Bruno em área de difícil acesso foram identificados. As investigações seguem em sigilo e a polícia ainda não divulgou os nomes dos suspeitos. A PF descarta que exista um mandante ou uma organização criminosa por trás das mortes.

Na última quarta (15 junho) Amarildo da Costa Oliveira, o Pelado, que confessou o crime, e o irmão dele, Oseney da Costa de Oliveira, conhecido como Dos Santos foram presos. Ambos tiveram a prisão temporária decretada pela Justiça do Amazonas. Já Jeferson da Silva Lima, também conhecido como “Pelado da Dinha”, se entregou à polícia, na manhã desse sábado (18 junho).

Breaking News

Petrobras anuncia renúncia do presidente José Mauro

A estatal acaba de anunciar a renúncia de José Mauro Coelho. Nomeação de presidente interino é examinada pelo Conselho.

A Petrobras anunciou a renúncia do presidente José Mauro Coelho na manhã desta segunda (20/06). Em comunicado ao mercado, a companhia diz que o executivo “pediu demissão do cargo na manhã de hoje”.

Diante da pressão do Palácio do Planalto e do Congresso após o anúncio de novo reajuste dos combustíveis na última semana, passada já era esperado que Coelho entregaria o cargo. A renúncia de Coelho deve ser acompanhada da saída de conselheiros da estatal e pode aliviar a pressão pela instauração de uma CPI sobre a política de preços dos combustíveis.

“A nomeação de um presidente interino será examinada pelo Conselho de Administração da Petrobras a partir de agora. Fatos considerados relevantes serão prontamente comunicados ao mercado.”, diz trecho da nota emitida pela Petrobras.

Em seu lugar, deve assumir Caio Paes de Andrade, atual secretário de Desburocratização.

Arthur Lira debaterá o tema em reunião de líderes hoje.

CIRURGIA

Brandão prorroga licença médica e segue afastado por mais 10 dias

Governador alegou que a decisão será dos médicos e disse que o melhor é fazer uma recuperação completa, do que precisar voltar e internar novamente.

Em entrevista na manhã desta segunda (20/06) à TV Mirante, o governador licenciado Carlos Brandão (PSB) confirmou que vai pedir mais dez dias de licença médica.

A solicitação será feita junto a Assembleia Legislativa do Maranhão, o que vai manter o governador afastado e prorrogar ainda mais a estadia de Brandão em São Paulo para tratamento de saúde.

“Estou me sentindo muito bem. A cirurgia foi um sucesso. O pós-operatório depende de organismo para organismo. É um processo lento, mais do que doença é paciência como tem dito os médicos. Por conta disso, irei renovar minha licença”, afirmou.

EDUCAÇÃO

Hildo Rocha elogia gestão municipal de Água Doce

O município foi premiado na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, versão 2021.

O deputado Hildo Rocha elogiou o desempenho na área educacional de Água Doce na tribuna da Câmara Federal. Mais uma vez, o município foi premiado na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, versão 2021.

Hildo também destacou a gestão da prefeita do município, Thalita Dias.

“No setor da Educação, assim como vários outros setores, a prefeita Thalita, juntamente com a nossa querida amiga Rosaria, estão fazendo um belíssimo trabalho. Prova disso é que, mais uma vez, estudantes da rede municipal e professores de Água Doce foram premiados na disputadíssima Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, versão 2021”, destacou Hildo Rocha.

O parlamentar afirmou que Água Doce está entre os melhores munícipios do Maranhão no setor educacional.

“Portanto, parabenizo a administração da Prefeita Thalita Dias por mais essa conquista na área educacional, mais uma premiação que orgulha a população de Água Doce. Parabenizo também a Secretária de Educação, minha amiga Rosária pelos excelentes resultados que colocam o município entre os melhores do Maranhão, no setor da Educação”, enfatizou Hildo Rocha.

Prêmios

Pelo segundo ano consecutivo o aluno Gustavo Vilar Brandão recebeu medalha de ouro. Também foram premiados a escola municipal Pedro Mariano Moreno, e o Prof. Francisco Adrivan Silva Nascimento. A aluna Amanda Almeida Silva e o aluno Cauã Brandão Pereira receberam medalha de bronze.

ELEIÇÕES 2022

Em derrota histórica, Macron perde maioria no Parlamento francês

Mandatário europeu se tornou o primeiro chefe do Executivo em exercício a não obter a maioria parlamentar desde a reforma eleitoral ocorrida em 2000.

O presidente francês Emmanuel Macron sofreu uma dura derrota neste último domingo (19/06) durante as eleições legislativas para a Assembleia Nacional e perdeu a maioria absoluta que detinha no Parlamento.

A aliança centrista de Macron até foi a mais votada com 245 vagas de um total de 577, mas não atingiu o número mínimo de 289 cadeiras para garantir a majoritariedade na Casa. Dessa forma, o líder francês se tornou o primeiro chefe do Executivo em exercício a não obter a maioria parlamentar desde a reforma eleitoral ocorrida em 2000.

Macron, que tenta aumentar a idade de aposentadoria, ingressar numa agenda pró-negócios e promover a integração da União Europeia (UE), se encontra atualmente em um território desconhecido de articulação e contrapartidas, após 5 anos de controle indiscutível no Parlamento. Com 131 assentos, a aliança formada pela figura de extrema-esquerda Jean-Luc Mélenchon registrou o segundo lugar no pleito. A coalização liderada pela direitista Marine Le Pen conquistou 89 cadeiras, aumentando seu espaço em quase dez vezes.

Assim como no primeiro turno da eleição presidencial ocorrida no início do mês, a abstenção acima de 53% na votação para definir os congressistas marcou uma fraca participação da população.

HOMICÍDIO

Após discussão, pai mata o próprio filho a pauladas

Polícia informou que a vítima possuía um relacionamento conturbado com a família, com um histórico de diversos desentendimentos.

Um crime de homicídio envolvendo pai e filho foi registrado na noite de sábado, dia 18 de junho, no município de Padre Marcos (a 390 km de Teresina), na região de Picos, no Sul do Piauí. Os policiais do Grupamento Policial Militar de Padre Marcos relataram que a fatalidade ocorreu na localidade Luzia, que fica na zona rural da cidade.

A vítima, identificada como José de Adão, foi morto a pauladas e o suspeito do crime é o próprio pai, identificado apenas por Adão.

Ainda conforme informações do GPM, José de Adão, vítima do homicídio, possuía um relacionamento conturbado com a família, com um histórico de diversos desentendimentos.

Em mais um episódio, José de Adão teria se envolvido em outra confusão com seu pai, na casa da família, que resultou no assassinato.

A Polícia Militar do Grupamento Militar de Padre Marcos foi acionada e realizou os procedimentos necessários.

“O suspeito ainda não foi localizado. Estamos realizando diligências no sentido de encontrar seu paradeiro, mas no momento ele segue foragido”, declarou o subtenente Wenderson.

IMPUNIDADE

Lula diz que pediu a FHC a libertação dos sequestradores de Abilio Diniz

O caso aconteceu em 11 de dezembro de 1989. Diniz foi sequestrado no Jardim Europa, em São Paulo, e ficou seis dias mantido em um cativeiro no bairro do Jabaquara, na zona sul da capital paulista.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesse semana que procurou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, no fim de 1989, para pedir a soltura de dez pessoas envolvidas no sequestro do empresário Abílio Diniz. Segundo o petista, ele também conversou com o então ministro da Justiça à época, Renan Calheiros, para que os sequestradores saíssem da prisão.

O caso aconteceu em 11 de dezembro de 1989. Diniz foi sequestrado no Jardim Europa, em São Paulo, e ficou seis dias mantido em um cativeiro no bairro do Jabaquara, na zona sul da capital paulista. Entre os sequestradores, cinco eram chilenos, dois eram canadenses, dois eram argentinos e um era brasileiro. O grupo chegou a ser condenado e as penas variavam de 26 a 28 anos de prisão.

Segundo Lula, ele alertou FHC que os sequestradores tinham iniciado uma greve de fome e pediu que o ex-presidente os libertasse para evitar que morressem por causa disso. “Eles iam entrar em greve seca, que é ficar sem comer e sem beber, e aí é morte certa. Aí, eu então fui procurar o ministro da Justiça, Renan Calheiros, que depois de uma longa conversa me disse para falar com o presidente Fernando Henrique Cardoso, porque ele teria toda disposição de mandar soltar o pessoal”, detalhou Lula, em um evento em Maceió.

“Eu disse: ‘Fernando, você tem a chance de passar para história como um democrata ou como o presidente que permitiu que dez jovens que cometeram um erro morressem na cadeia, e isso não vai (se) apagar nunca'”, acrescentou o petista. Segundo ele, FHC teria dito que concordava com a libertação dos presos desde que eles parassem com a greve de fome.

“E eu fui na cadeia no dia 31 de dezembro conversar com os meninos e falar: ‘Olha, vocês vão ter de dar a palavra para mim, vocês vão ter de garantir pra mim, que vão acabar com a greve de fome agora, e vocês serão soltos. Eles respeitaram a proposta, pararam a greve de fome e foram soltos. E eu não sei onde eles estão agora”, completou Lula.