Linhares Jr.

Flagrante

População reage, impede assalto e prende bandidos

Artigo

Protestos no Chile e o cinismo da esquerda

Duas semanas atrás, começou uma onda de vandalizações no Chile. Grupos de marginais mascarados promoveram todo tipo de depredação, forçando o governo a reagir de forma violenta, chegando a decretar toque de recolher em Santiago.

Os vândalos diziam que protestavam pelo aumento de 30 pesos (equivalente a vinte centavos de real) no preço das passagens de metrô e pediam o fim do “projeto neoliberal fracassado”, marcado pela desigualdade social e pela privatização da previdência e do sistema de saneamento urbano.

Continuar lendo

Flávio Dino tenta tratorar deputados federais. RESISTAM!

Bancada maranhense sob ataque do governo estadual
Continuar lendo

Na Real #21

Na Real #21

Posted by Blog do Gilberto Léda on Monday, October 28, 2019
Desinformação

Bolsonaro não elogiou gestão comunista do Porto do Itaqui

Relação conflituosa entre Bolsonaro e Flávio Dino também se estende ao Porto do Itaqui
Continuar lendo

Hoje às 21h tem NA REAL. Os jornalistas Linhares Jr. e Gilberto Léda comentam os principais fatos da política da última semana. Na puta de hoje: a visita de Flávio Dino ao Vaticano, confusão das emendas parlamentares, pirâmide financeira e o artigo de Yglésio Moyses.

Ao vivo no Facebook.

Oportunidade e oportunismo

Yglesio ataca Edivaldo Holanda Jr e PDT

Após sete anos de silêncio e às vésperas da eleição, Yglesio resolveu atacar gestão municicpal
Continuar lendo
É golpe?

Pirâmide: Abdon e PH irão depor amanhã em sindicância no TJ

Abdon Murad Júnior e Pedro Henrique Souza na mira da Justiça
Continuar lendo
Artigo

A trágica lição argentina

Derrota de Maurício Macri deve servir de lição a forças que não querem a volta do petismo ao poder no Brasil
Continuar lendo
PODCAST

Giro Político #6

Ouça um balanço dos principais fatos da última semana.
Artigo

Reforma Tributária para todos

A Proposta de Emenda Constitucional da reforma tributária (PEC 110), que tramita no Senado e da qual sou relator, tem como principal pressuposto a simplificação do sistema tributário do país, a diminuição da carga sobre o consumo e a reorganização dos impostos sobre a renda e a propriedade. É uma reforma que lança um olhar especial para a população mais pobre do país. Enquanto no Brasil o consumo é tributado em mais de 50%, na União Europeia a média não chega a 35% —e nos Estados Unidos ela está em 17%. A meta da proposta é reduzir para algo próximo da metade do que é tributado hoje.

Continuar lendo