Emprego

Techint abre novas vagas de emprego Maranhão

Empresa responsável pela construção e montagem mecânica da usina Parnaíba V, no Complexo Parnaíba, está contratando profissionais qualificados para trabalharem na usina.

A Techint Engenharia e Construção, empresa responsável pela construção e montagem mecânica da usina Parnaíba V, no Complexo Parnaíba, no município de Santo Antônio dos Lopes, abriu vagas para contratar profissionais especializados para atuarem no projeto.

A usina tem o objetivo de ampliar a capacidade de geração de energia com mais eficiência na região do Médio Mearim, com geração de mais 70 MW de energia. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) apoiou a montagem mecânica da obra, que foi iniciada em 2020.

“Nosso compromisso é poder garantir o desenvolvimento do Estado por meio da geração de emprego e renda e de boas condições de trabalho ao povo maranhense. Oportunidades como estas demonstram o trabalho exemplar desenvolvido pelo Governo do Maranhão”, afirmou o secretário da Seinc, Simplício Araújo.

A Techint Engenharia e Construção abriu vagas para as funções de isolador(a), funileiro(a) montador e funileiro(a) traçador. Para concorrer a vaga, o candidato deve comprovar experiência na função e enviar o currículo para o e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp (99) 98458-4017.

PDT

PDT fala em ampliar direitos trabalhistas se Ciro for eleito

Lupi afirmou que, se o PDT chegar ao poder, o modelo original da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) sancionada em 1943 por Getúlio Vargas deve ser seguido.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou que se o ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes se tornar o presidente da República em 2022, a legislação trabalhista no Brasil sofrerá alterações.

Lupi não detalhou como essa ação poderia ser realizada, mas ressaltou que o modelo original da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) sancionada em 1943 por Getúlio Vargas seria o espelho para uma eventual gestão do Brasil.

“Nós somos esse partido que começa com Getúlio em 1930 a opção pelos trabalhadores, os pobres, os fracos e oprimidos. Assim continuamos até hoje, lutando para que a classe trabalhadora, que é a maioria da população, tenha os seus direitos reconhecidos, tenha uma remuneração digna e tenha principalmente o direito a trabalhar, que é o que dá dignidade e autoestima”, declarou.

Lupi também criticou o atual governo do Brasil e ponderou que a gestão de Bolsonaro tenta aprovar no Congresso propostas que seriam uma espécie de “minirreforma trabalhista”.

“Hoje, nesse desgoverno que está aí, com esse profeta da ignorância, vemos a cada dia a destruição dos direitos dos trabalhadores. […] Mas nós vamos nos preparar para voltar ao poder e com Ciro presidente nós vamos voltar com todos os direitos trabalhistas”, completou.

Novo Dono

Dono do Twitter deixa comando da empresa. Indiano assume posto

Parag Abrawal assume o posto de presidente executivo (CEO), que era do co-fundador Jack Dorney

O fundador do Twitter, Jack Dorse,y pediu demissão da função de CEO da rede social. Mesmo dizendo que foi uma decisão pessoal, Dorsey deixa o cargo após pressão de investidores que exigiam sua renúncia. A decisão para seu sucessor já foi definida: trata-se de Paraq Agrawal.

Jack Dorsey vai seguir no conselho de administração do Twitter até 2022 e também continuará no comando da fintech Square.

No e-mail publicado nas redes sociais, Dorsey anunciou a entrada de Bret Taylor, um dos criadores do Google Maps, no conselho do Twitter, e ainda o nome de seu sucessor Parag Agrawal.

Após ser escolhido por unanimidade por um processo rigoroso feito pelo conselho, o novo presidente-executivo agradou o mercado financeiro, pois as ações tiveram um pico de alta de 11% na manhã dessa segunda (29). Parag trabalha no Twitter desde 2011, quando começou a atuar como engenheiro de software. Em 2017, ele se tornou diretor de tecnologia.

Parag Agrawal possui doutorado em Ciência da Computação pela Universidade de Stanford e bacharelado em Ciência da Computação e Engenharia pelo Instituto Indiano de Tecnologia. Antes de ser contratado pela rede social, Agrawal trabalhou na Microsoft, no Yahoo e na operadora americana de telefonia AT&T.

Novo partido

Em discurso de filiação ao PL, Bolsonaro afirma que ‘tirou o Brasil da esquerda’

Bolsonaro celebra que o seu governo tenha tirado o Brasil da esquerda

O presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta terça (30), a sua filiação ao Partido Liberal (PL). O evento aconteceu no centro de eventos Complexo 21, em Brasília. Após uma série de reuniões e encontros, o presidente nacional da sigla, Valdemar Costa Neto, e Bolsonaro chegaram a um acordo, oficializando a filiação ao partido.

É o nono partido que Bolsonaro se filia desde o seu início na política em 1989. Antes de integrar ao PL, o presidente passou pelo PDC, PPR, PPB, PTB, PFL, PP, PSC e PSL.

Em seu discurso, Bolsonaro celebrou o fato do seu governo ter tirado o Brasil da esquerda. Ele também comentou que jamais queria ver o Brasil seguir o mesmo exemplo da Venezuela.

O chefe do executivo também comentou, sobre a possibilidade de aprovação de André Mendonça à vaga no STF. A sabatina de Mendonça está marcada para esta quarta (1), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

E na conclusão de seu discurso, o presidente afirmou que não irá regular a mídia, caso seja reeleito, ao contrário de seu possível adversário, o ex-presidente Lula (PT).

Bolsonaro, seu filho Flávio e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, assinaram as suas fichas de filiação à sigla. Além deles, os integrantes do PL apostam na chegada dos ministros Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) e Gilson Machado (Turismo). A legenda é a terceira maior bancada da Câmara.

RACHADINHA

Prazo se esgota e Procuradoria-Geral não denuncia Alcolumbre

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) é acusado de embolsar mais de 90% dos salários de 6 assessoras do seu gabinete.

No dia 5 de novembro, o ministro Luís Roberto Barroso enviou a Procuradoria-Geral da República (PGR) a notícia-crime apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF) para denunciar o caso das rachadinhas do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP). O senador é acusado de embolsar mais de 90% dos salários de 6 assessoras do seu gabinete.

O Regimento Interno do STF fixa prazo de 15 dias para a PGR se pronunciar sobre a abertura de inquérito contra o político.De acordo com a PGR, o prazo é “impróprio” e o procurador-geral Augusto Aras até já tratou do tema com o presidente do STF, por ofício. O caso está sob análise e “para atos de investigação criminal, não há prazo definido para o MP atuar”, explica a PGR.

Alcolumbre também é acusado de recrutar 6 mulheres pobres, na periferia de Brasília, que aceitassem receber apenas 10% do salário de R$14 mil.

Crise Mundial

Inflação na Europa atinge maior nível em 25 anos

Preços seguiram tendência mundial e subiram mais uma vez na zona do euro. Custos elevados da energia puxaram inflação na região.

Dados divulgados nesta terça (30), mostram que a inflação dos preços ao consumidor na zona do euro atingiu em novembro a maior alta em 25 anos.

Com taxa de 4,9% no mês, a inflação veio acima da previsão e maior que a registrada no mês anterior, que foi de 4,1%. Os preços ao consumidor subiram mais uma vez, devido os custos mais altos da energia e os problemas envolvendo a cadeia de abastecimento.

Os dados na Europa chegam no momento em que o velho continente volta a adotar medidas de restrição por causa do aumento de casos de covid-19.

Países como a Holanda e a Alemanha implantaram novas restrições nas últimas semanas. No caso da Áustria e da Eslováquia foram determinados lockdown. Para os economistas, se as medidas continuarem se espalhando, isso poderá afetar na produção e ampliar as dificuldades na cadeia de abastecimento.

JUDICIÁRIO

Corte Eleitoral de SP faz homenagem ao Desembargador Cleones Cunha

Desembargador maranhese recebe reconhecimento e é homenageado pela Corte Eleitoral de São Paulo

O desembargador Cleones Carvalho Cunha, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), recebeu o Colar do Mérito Eleitoral Paulista, na categoria Especial Homenagem. A homenagem aconteceu durante sessão solene com transmissão ao vivo pelo canal do TRE-SP no Youtube.

O desembargador Waldir Sebastião, presidente do TRE/SP, ressaltou que a homenagem é “uma manifestação formal do reconhecimento por seus méritos e relevantes serviços prestados à vivência democrática e ao processo eleitoral em todos os seus desdobramentos”. 

A condecoração foi enviada por meio do correio tradicional.

TRAJETÓRIA NA JUSTIÇA MARANHENSE

O desembargador Cleones Cunha foi aprovado, em 1985, no concurso da Magistratura maranhense. Em sua trajetória, atuou como Juiz de Direito nas Comarcas de Vitorino Freire, São Bento, Coroatá e São Luís.

Em 1998, assumiu a função de juiz corregedor da Corregedoria Geral de Justiça. Em 1999, foi nomeado desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão. Também exerceu a função de supervisor-geral dos Juizados Especiais.

Em fevereiro de 2005, assumiu a direção da Escola Superior da Magistratura do Maranhão (ESMAM). Foi corregedor-geral da Justiça no biênio 2012/2013 e presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão no biênio 2016/2017. Atualmente, é presidente da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (CEMULHER/TJMA).

HOMENAGEM

Aluisio preside sessão solene em homenagem ao Dia do Policial Federal

O deputado federal Aluisio Mendes (PSC) presidiu nesta segunda (29) uma sessão solene em homenagem ao Dia do Policial Federal, data oficialmente comemorada no último dia 16 de novembro. A solenidade aconteceu por meio de requerimento de autoria do próprio Aluisio, parlamentar membro da bancada da PF na Câmara.

O sessão contou com a presença de representantes sindicais da Polícia Federal, a exemplo do Presidente Boudens, da Federação Nacional dos Policiais Federais. Silvinei Vasques, diretor geral da Polícia Rodoviária Federal também prestigiou o evento.

Além das homenagens aos policiais, durante a solenidade os participantes debateram sobre melhores condições de trabalho, legislações pertinentes e questões salariais.
Aluisio Mendes cobrou a formulação de uma Lei Orgânica para a Polícia Federal. “É inadmissível que uma instituição com mais de 70 anos de existência não tenha uma Lei Orgânica”, reclamou Aluisio.

PRECAUÇÃO

São Luís e outras 6 capitais cancelam réveillon

Ao menos sete capitais já cancelaram a festa de réveillon: Belo Horizonte, Salvador, Florianópolis, Fortaleza, São Luís, João Pessoa e Palmas.

São Luís, Belo Horizonte, Salvador, Florianópolis, Fortaleza, João Pessoa e Palmas cancelaram suas festas de fim de ano. A decisão foi tomada por causa do “risco elevado” que a nova variante do novo coronavírus representa para o mundo. Em São Paulo, a flexibilização do uso de máscaras, que estava prevista para 11 de dezembro, deve ser cancelada.

De acordo com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o Brasil está preparado para enfrentar uma “eventual” nova onda. Ele procurou passar tranquilidade à população e afirmou que o país possui profissionais da saúde qualificados para atender os brasileiros.

“Há três dias, foi anunciada uma nova variante, a variante ômicron. Eu falei, é uma variante de preocupação, mas não é uma variante de desespero. Não é uma variante de desespero, porque nós temos autoridades sanitárias comprometidas com a assistência de qualidade a nossa população”, disse Queiroga, durante solenidade para compra de 100 milhões de doses da Pfizer para 2022, em Salvador.

“O governo Bolsonaro praticamente duplicou o número de leitos de UTI. […] Hoje, se houver uma eventual terceira onda, teremos uma condição muito melhor de assistir a nossa população”, completou

Investimento

Novos modelos de concessão devem dobrar presença de ferrovias no país

O novo modelo de concessão é mais rápido e vai possibilitar dobrar as ferrovias no Brasil, garantindo 9 mil quilômetros de ferrovias e R$ 120 bilhões de investimentos.

O governo Federal adotou o modelo de autorização, instrumento previsto na legislação brasileira, para dar um salto no modal ferroviário. Esse novo modelo de concessão é mais rápido e menos burocrático.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, ressaltou que, no início, a previsão era de 8 pedidos para o novo de tipo de concessão. Mas já são 35 pedidos de autorização. Essa ação representa cerca de 9 mil quilômetros de ferrovias e R$ 120 bilhões de investimentos.

“É um impulso ferroviário sem precedentes na nossa história”, disse Freitas. As ferrovias representam 20% dos modais brasileiros, a expectativa é de que elas dobrem sua presença em 15 anos, passando para 40%. O ministro ponderou que o Governo Federal deve reduzir o custo no Brasil em torno de 30%.

ARTIGO

Não dá para ser cristão e socialista

Ideologias que defendem a redenção por meio da política devem ser rejeitadas

Ao longo dos últimos anos, há um número crescente de cristãos, principalmente jovens, alvos da teologia liberal e defendendo pontos de vista absurdos em relação ao evangelho.

Ganhando adeptos também fora das igrejas, sobretudo entre artistas e políticos de esquerda, esses teólogos e supostos pastores apregoam um Cristo revolucionário, político, oprimido pelo Império Romano e socialista.

No entanto, um olhar mais apurado e honesto das Sagradas Escrituras e das principais obras da esquerda é capaz de mostrar a incompatibilidade entre o evangelho e as ideologias de esquerda.

Quem já leu as obras de Karl Marx e de seus discípulos sabe que, para eles, a origem de todos os problemas no mundo são por conta da propriedade privada, que promove as desigualdades econômicas e a exploração por meio do capital. Mas isso é o oposto do que é dito na Bíblia. Ao ler o livro de Gênesis, é fácil perceber que, antes do pecado de Adão e Eva, o mundo vivia em perfeita harmonia e que esta foi quebrada graças à desobediência do casal às ordens divinas.

Se, quanto à origem dos problemas no mundo, o cristianismo e as ideologias de esquerda divergem, não é diferente em relação às soluções. Enquanto o socialismo quer uma revolução armada ou cultural, o cristianismo afirma que o mundo só voltará a uma perfeita ordem quando Jesus Cristo voltar e restaurar todas as coisas.

O socialismo tem a esperança no material. Já o cristianismo no espiritual. Enquanto o primeiro quer redimir o mundo por meio de uma revolução cultural e ideológica. O segundo prega a transformação por meio do arrependimento da prática de pecados e da comunhão com Deus.

Talvez você tenha atentado para o fato de que o socialismo nada mais é do que uma religião secular, pois ele tem uma série de elementos que os credos possuem: determina a origem do mal, fala em remissão e tem a promessa da restauração de todas as coisas.

Portanto, o socialismo nada mais é do que um inimigo do cristianismo, pois tira de Jesus o status de figura salvadora pelo seu sacrifício na cruz para pôr em seu lugar a redenção do mundo por meio da política.

Essa ideologia nada mais é do que o espírito do anticristo. Parafraseando o que João disse em sua primeira epístola, no capítulo 4, versículo 2: todo aquele que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus. Então, se alguma ideologia nega a natureza redentiva de Cristo (algo que só é possível porque Ele, mesmo sendo divino, veio a terra como ser humano, em um corpo humano) e dá o status de salvação a outra coisa, outra pessoa, outro grupo ou outra ideologia, ela tem o espírito do anticristo.

*Pedro Augusto é formado em Jornalismo, já escreveu para outros sites conservadores, possui redes sociais sobre história, é viciado em livros e em breve estará cursando Teologia.

CadÚnico

Prazo para atualização do CadÚnico é prorrogado em São Luís

Prefeitura de São Luís prorroga até esta terça (30) prazo para atualização do CadÚnico.

Até esta terça-feira (30) será o prazo para atualização de dados do Cadastro Único (CadÚnico). A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), prorrogou a data para ajudar famílias de baixa renda a não perderem o “novo bolsa familía”, criado pelo governo Bolsonaro, além de outros benefícios sociais.

Para atualizar os dados é necessário se dirigir ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de onde o cidadão reside. A atualização do cadastro deve ser recorrente para assegurar que todas as informações estejam de acordo com a realidade das famílias.

A atualização deve acontecer quando houver alguma alteração nas informações específicas da família, como composição familiar, endereço, renda, documentação do responsável familiar e série escolar, em caso de mudança de escola das crianças e adolescentes. Deve ser feita ainda, no prazo máximo de dois anos, contados da data da última entrevista.

Os documentos necessários

– Certidão de nascimento;
– Certidão de casamento;
– CPF;
– Carteira de Identidade (RG);
– Carteira de Trabalho;
– Título de Eleitor;
– Comprovante de endereço (conta de água ou luz).

Eleições 2022

Lula diz que assistiu a cultos evangélicos no presídio

De olho no voto de evangélicos, ex-presidente disse que assistiu cultos e celebrações religiosas no tempo em que esteve na cadeia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), começou a acenar aos evangélicos, visando as eleições de 2022. A atenção do ex-mandatário está voltada para o público que faz parte da base de apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), no qual fez a diferença na eleição presidencial passada.

De acordo com informações da coluna radar, durante um encontro com lideranças protestantes, no fim de semana, o petista afirmou que passou “boa parte” de seu tempo preso em Curitiba assistindo a cultos e celebrações religiosas.

Lula afirmou que o período em que esteve detido na Superintendência da Polícia Federal (PF) serviu para “nutrir ideias”e criar uma luta mundial contra a desigualdade.

O ex-presidiário também disse que leu vários livros na prisão e que quando saiu do cárcere foi visitar o papa Francisco, no Vaticano, e o Conselho Mundial de Igrejas, na Holanda.

Segundo pesquisa realizada pelo DataFolha em 2020, os evangélicos representam cerca de 31% da população brasileira, o que significa algo em torno de 65 milhões de pessoas.

Nova variante

Médica diz que sintomas da ômicron são diferentes da cepa delta

Médica Angelique afirma que os sintomas da Cepa ômicron é mais leve que a delta

A presidente da Associação Médica Sul-Africana, Angelique Coetzee, informou que as pessoas infectadas pela Ômicron na África do Sul apresentaram sintomas diferentes das que foram contagiada com a cepa delta. Os primeiros casos foram relatados no dia 18, por Angelique.

Os sintomas apresentados pelos pacientes que contraíram a nova variante africana foram fadiga, dores de cabeça, no corpo e ocasionais dores de garganta e tosse. No caso da variante delta, as infecções causaram pulsações elevadas, baixos níveis de oxigênio e perda de olfato e paladar, afirmou Angelique Coetzee.

Os casos foram informados ao Conselho Consultivo Ministerial do governo para a Covid-19.

O anúncio feito pela África do Sul, sobre a identificação da nova variante ocorreu na quinta (25), e que alguns casos aconteceram antes no Botswana e depois em Tshwane, área municipal em que Pretória está localizada.

Os pacientes da médica são relativamente jovens. Um paciente vacinado, de 66 anos, testou positivo na segunda-feira, mas apresentava sintomas leves, disse Angelique.

VAT TER MULTA?

Secretário de Educação aglomera 2 mil pessoas em ato político

Em meio ao fantasma de uma nova variante, petista realiza ato político desnecessário com milhares de pessoas. Intuito era apenas alimentar vaidade e fazer proselitismo político.

Contrário à abertura das escolas por meses, o secretário de Educação do Maranhão, Felipe Camarão, não vê problema em juntar pessoas quando o assunto for política. Na última sexta (29), o secretário juntou 2 mil pessoas em um ato político de sua pré-candidatura.

Poucas semanas atrás, o presidente Jair Bolsonaro foi multado por ato no município de Senador La Rocque por promover uma aglomeração que superou o limite de 100 pessoas estipulado pelo Govermo Estadual. Camarão foi um dos grandes críticos do ato do presidente na época.

O ato do secretário de Educação evidencia o caráter, ou a falta dele, dos homens públicos maranhenses. Se tivesse o mesmo empenho como secretário que tem como político, quem sabe Felipe Camarão tivesse poupado o vice-governador Carlos Brandão de ser humilhado por uma estudante da rede pública em ato na semana passada.