TRAIÇÃO

Eliziane silenciou em relação a ataques contra evangélicos durante sabatina

Senadora não reagiu a perguntas que caracterizavam crenças evangélicas como indesejáveis para um ministro do STF

Relatora do processo de sabatina do advogado André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal (STF), a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) não reagiu aos ataques contra Mendonça por conta de sua orientação religiosa. Assim como o postulante ao cargo no STF, Gama também se apresenta como evangélica.

Durante as várias horas em que foi sabatinado na CCJ, Mendonça foi alvo de perguntas que caracterizavam o exercício de sua fé como algo indesejado. Questões como casamento gay, aborto e outras situações foram colocadas de forma a constranger Mendonça.

Apesar da visível tentativa de desmerecê-lo por sua condição religiosa, durante toda a sabatina a senadora abdicou da defesa da fé evangélica.

Aliás, no próprio relatório a senadora fez questão de revelar sua predileção pelo esforço de barrar a inserção das crenças evangélicas no estado. “Em nosso país não prosperou nem prosperará modelos de Estado como o teocrático”, disse. A expressão é um ataque, indireto, ao desejo de evangélicos de terem suas posições defendidas na politica.  

Gama apresentou relatório favorável à condução de Mendonça ao STF e comemorou sua indicação. Contudo, no momento em que a fé mais precisou de defesa, a senadora optou pelo silêncio.

O desânimo em defender pautas evangélicas pode ser explicado pelo furor com que a senadora tem defendido pautas de esquerda. A única

Sinfra

“Nada vai diminuir o meu ânimo de continuar investigando a Sinfra”, diz César Pires

O deputado cobrou clareza quanto ao uso dos recursos públicos geridos pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra).

O deputado César Pires voltou a exigir transparência do Governo Flávio Dino. O parlamentar cobrou clareza quanto ao uso dos recursos públicos geridos pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra).

“Em resposta à nossa solicitação de informações, o secretário da Sinfra nos encaminhou um calhamaço de papel que estamos devolvendo por não conterem os documentos que solicitamos, como dados do processo licitatório, plano de trabalho e fonte de recursos. E estamos informando toda essa situação ao Ministério Público, que paralelamente está acompanhando esse processo”, enfatizou o deputado.

Cesar ressaltou que existe suspeita sobre o desvio de conduta em contratos para obras em estradas estaduais. Ele não recebeu todas informações oficiais que solicitou ao órgão. Com isso, o deputado não consegue cumprir o deve constitucional de fiscalizar os atos do Executivo.

“Mostra-se inteiramente impossível o exercício de minha função fiscalizatória quando não me são disponibilizados os meios para tanto”, afirmou o deputado.

César Pires ponderou que ele e o Ministério Público têm as suas ações dificultadas pela Sinfra, pois não são fornecidos os elementos necessários para acontecer a fiscalização. E reafirmou que a atuação da oposição e dos órgãos de controle é de fundamental importância para garantir os direitos da população.

“O que nos enviaram era apenas um volume gigantesco tentando ludibriar o meu conhecimento, mas nada vai diminuir ou arrefecer o meu ânimo de continuar investigando a Sinfra. Não vou parar. Nossos ofícios continuarão chegando até que nos enviem o plano de trabalho, os comprovantes das medições e dos pagamentos, e demais informações que nos forem necessárias”, completou.

César criticou o Sinfra e disse que a incapacidade do órgão em esclarecer corretamente todo o processo de contratação de empresas, execução de serviços e pagamentos compromete a transparência exigida por lei e impede a fiscalização que é prerrogativa parlamentar.

Mérito

Pela primeira vez na história, Disney nomeia uma mulher presidente

Susan Arnold foi escolhida para substituir Bob Iger a partir do ano que vem.

Susan Arnold será a primeira mulher a comandar a Walt Disney Company em 98 anos de história.

Ela foi escolhida para substituir Bob Iger, que assumiu a empresa em 1986. Susan integrava o Conselho de Administração da empresa havia 14 anos. E a partir do ano que vem comandará a Disney.
“Susan é uma executiva incrivelmente estimada, cuja riqueza de experiência, integridade inabalável e opinião especializada têm sido inestimáveis desde que ela ingressou no conselho em 2007”, afirmou Iger em um comunicado.

Susan foi executiva do grupo de investimento Carlyle e ocupou cargos de comando em gigantes como a Procter & Gamble (P&G) e o McDonald’s.

STF

Senado aprova e Mendonça é o novo ministro do STF

Mendonça recebeu 47 votos favoráveis, 32 contrários, no Plenário do Senado Federal e foi aprovado para ocupar uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF).

O ex-advogado-geral da União e ex-ministro da Justiça, André Mendonça, recebeu 47 votos favoráveis, 32 contrários, no Plenário do Senado Federal. Com o resultado, ele passa a ocupar uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF).

Ele poderá ocupar a cadeira na Suprema Corte pelos próximos 27 anos, até 2048.

Há quase 5 meses o presidente Bolsonaro (PL) indicou Mendonça para substituir Marco Aurélio Mello, que se aposentou em julho.

Mendonça foi sabatinado durante cerca de 8 horas pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que encaminhou a indicação para o Plenário com 18 votos favoráveis e 9 contrários.

Fim do Sequestro

Sequestro acaba na Ponta da Areia com dois bandidos presos e um foragido

Dois bandidos foram presos e o outro conseguiu fugir

Um sequestro a um cidadão terminou com uma colisão em um poste ao lado da Farmácia Extrafarma na Ponta da Areia. A frente do veículo ficou toda destruída.

Três bandidos haviam sequestrado o dono de um veículo e seguiram para a Ponta da Areia. Lá eles foram perseguidos pela polícia, e o sequestrador após perder a direção em uma curva, acabou colidindo com um poste.

Houve troca de tiros entre a polícia e os bandidos, sendo que dois suspeitos foram presos e o outro conseguiu fugir. Logo, uma multidão de curiosos se formou no local da colisão.

Constrangimento

Professor da UFMA pratica atos sexuais durante aula online

Professor da UFMA praticou atos sexuais com uma mulher durante a gravação da aula online

Um professor não identificado da Universidade Federal do Maranhão usou o ambiente virtual de uma aula para expor a intimidade com uma mulher. A situação foi presenciada e gravada por alunos que denunciaram a situação constrangedora.

O espetáculo de irresponsabilidade e desrespeito para com alunos e universidade aconteceu no curso engenharia, no curso de BICT. O print mostra o relato do aluno sobre a situação constrangedora que o professor fez durante a aula.

Os alunos acompanhavam a aula online quando, de repente e sem qualquer motivo, o professor vira a câmera e começa a praticar atos sexuais com uma mulher que aparece durante a gravação. O ato acontecia com a câmera ligada e em apresentação para os alunos.

Ninguém da turma entendeu o ocorrido e todos ficaram surpresos com a cena.

Com a situação exposta, o professor poderá responder um processo disciplinar dentro da UFMA e até ser acusado criminalmente pelo ato em vídeo.

Oportunidade

Projeto da Equatorial oferece cursos de qualificação gratuitos no estado

Estiveram presentes representantes da Equatorial, 3E Soluções, Instituto Embelleze, SENAC e SENAI

A Equatorial Maranhão lançou nessa terça (23), o E+ Profissional, projeto que irá oferecer cerca de 200 vagas para cursos de qualificação profissional gratuitos em alguns municípios maranhenses. O objetivo é ajudar clientes baixa renda e promover capacitação e oportunidades no mercado.

Os cursos irão ocorrer entre novembro deste ano e março de 2022. De acordo com a programação dos cursos. Além de São Luís, municípios como Imperatriz, Timon, Pinheiro, Bacabal também devem ser contemplados.

O lançamento oficial ocorreu no Fórum de Desenvolvimento Sustentável do Jaracaty. E os cursos apresentados pelo projeto são: Alongamento de unhas, Barbeiro, Design de sobrancelhas, Extensão de cílios, Mecânica de motos, Eletricista, Operador de telemarketing e Design sustentável.

O Fórum Jaracaty será um dos primeiros locais a receber o projeto, e terá o curso de design sustentável, para uma turma de 20 pessoas da comunidade do jaracaty.

O próximo município a receber o E+ Profissional será Paço do Lumiar, previsto para as próximas semanas. As inscrições serão divulgadas em breve nas redes sociais oficiais da Equatorial Maranhão e no site.

Emprego

Techint abre novas vagas de emprego Maranhão

Empresa responsável pela construção e montagem mecânica da usina Parnaíba V, no Complexo Parnaíba, está contratando profissionais qualificados para trabalharem na usina.

A Techint Engenharia e Construção, empresa responsável pela construção e montagem mecânica da usina Parnaíba V, no Complexo Parnaíba, no município de Santo Antônio dos Lopes, abriu vagas para contratar profissionais especializados para atuarem no projeto.

A usina tem o objetivo de ampliar a capacidade de geração de energia com mais eficiência na região do Médio Mearim, com geração de mais 70 MW de energia. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) apoiou a montagem mecânica da obra, que foi iniciada em 2020.

“Nosso compromisso é poder garantir o desenvolvimento do Estado por meio da geração de emprego e renda e de boas condições de trabalho ao povo maranhense. Oportunidades como estas demonstram o trabalho exemplar desenvolvido pelo Governo do Maranhão”, afirmou o secretário da Seinc, Simplício Araújo.

A Techint Engenharia e Construção abriu vagas para as funções de isolador(a), funileiro(a) montador e funileiro(a) traçador. Para concorrer a vaga, o candidato deve comprovar experiência na função e enviar o currículo para o e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp (99) 98458-4017.

PDT

PDT fala em ampliar direitos trabalhistas se Ciro for eleito

Lupi afirmou que, se o PDT chegar ao poder, o modelo original da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) sancionada em 1943 por Getúlio Vargas deve ser seguido.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou que se o ex-governador e ex-ministro Ciro Gomes se tornar o presidente da República em 2022, a legislação trabalhista no Brasil sofrerá alterações.

Lupi não detalhou como essa ação poderia ser realizada, mas ressaltou que o modelo original da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) sancionada em 1943 por Getúlio Vargas seria o espelho para uma eventual gestão do Brasil.

“Nós somos esse partido que começa com Getúlio em 1930 a opção pelos trabalhadores, os pobres, os fracos e oprimidos. Assim continuamos até hoje, lutando para que a classe trabalhadora, que é a maioria da população, tenha os seus direitos reconhecidos, tenha uma remuneração digna e tenha principalmente o direito a trabalhar, que é o que dá dignidade e autoestima”, declarou.

Lupi também criticou o atual governo do Brasil e ponderou que a gestão de Bolsonaro tenta aprovar no Congresso propostas que seriam uma espécie de “minirreforma trabalhista”.

“Hoje, nesse desgoverno que está aí, com esse profeta da ignorância, vemos a cada dia a destruição dos direitos dos trabalhadores. […] Mas nós vamos nos preparar para voltar ao poder e com Ciro presidente nós vamos voltar com todos os direitos trabalhistas”, completou.

Novo Dono

Dono do Twitter deixa comando da empresa. Indiano assume posto

Parag Abrawal assume o posto de presidente executivo (CEO), que era do co-fundador Jack Dorney

O fundador do Twitter, Jack Dorse,y pediu demissão da função de CEO da rede social. Mesmo dizendo que foi uma decisão pessoal, Dorsey deixa o cargo após pressão de investidores que exigiam sua renúncia. A decisão para seu sucessor já foi definida: trata-se de Paraq Agrawal.

Jack Dorsey vai seguir no conselho de administração do Twitter até 2022 e também continuará no comando da fintech Square.

No e-mail publicado nas redes sociais, Dorsey anunciou a entrada de Bret Taylor, um dos criadores do Google Maps, no conselho do Twitter, e ainda o nome de seu sucessor Parag Agrawal.

Após ser escolhido por unanimidade por um processo rigoroso feito pelo conselho, o novo presidente-executivo agradou o mercado financeiro, pois as ações tiveram um pico de alta de 11% na manhã dessa segunda (29). Parag trabalha no Twitter desde 2011, quando começou a atuar como engenheiro de software. Em 2017, ele se tornou diretor de tecnologia.

Parag Agrawal possui doutorado em Ciência da Computação pela Universidade de Stanford e bacharelado em Ciência da Computação e Engenharia pelo Instituto Indiano de Tecnologia. Antes de ser contratado pela rede social, Agrawal trabalhou na Microsoft, no Yahoo e na operadora americana de telefonia AT&T.

Novo partido

Em discurso de filiação ao PL, Bolsonaro afirma que ‘tirou o Brasil da esquerda’

Bolsonaro celebra que o seu governo tenha tirado o Brasil da esquerda

O presidente Jair Bolsonaro assinou, nesta terça (30), a sua filiação ao Partido Liberal (PL). O evento aconteceu no centro de eventos Complexo 21, em Brasília. Após uma série de reuniões e encontros, o presidente nacional da sigla, Valdemar Costa Neto, e Bolsonaro chegaram a um acordo, oficializando a filiação ao partido.

É o nono partido que Bolsonaro se filia desde o seu início na política em 1989. Antes de integrar ao PL, o presidente passou pelo PDC, PPR, PPB, PTB, PFL, PP, PSC e PSL.

Em seu discurso, Bolsonaro celebrou o fato do seu governo ter tirado o Brasil da esquerda. Ele também comentou que jamais queria ver o Brasil seguir o mesmo exemplo da Venezuela.

O chefe do executivo também comentou, sobre a possibilidade de aprovação de André Mendonça à vaga no STF. A sabatina de Mendonça está marcada para esta quarta (1), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

E na conclusão de seu discurso, o presidente afirmou que não irá regular a mídia, caso seja reeleito, ao contrário de seu possível adversário, o ex-presidente Lula (PT).

Bolsonaro, seu filho Flávio e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, assinaram as suas fichas de filiação à sigla. Além deles, os integrantes do PL apostam na chegada dos ministros Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) e Gilson Machado (Turismo). A legenda é a terceira maior bancada da Câmara.

RACHADINHA

Prazo se esgota e Procuradoria-Geral não denuncia Alcolumbre

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) é acusado de embolsar mais de 90% dos salários de 6 assessoras do seu gabinete.

No dia 5 de novembro, o ministro Luís Roberto Barroso enviou a Procuradoria-Geral da República (PGR) a notícia-crime apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF) para denunciar o caso das rachadinhas do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP). O senador é acusado de embolsar mais de 90% dos salários de 6 assessoras do seu gabinete.

O Regimento Interno do STF fixa prazo de 15 dias para a PGR se pronunciar sobre a abertura de inquérito contra o político.De acordo com a PGR, o prazo é “impróprio” e o procurador-geral Augusto Aras até já tratou do tema com o presidente do STF, por ofício. O caso está sob análise e “para atos de investigação criminal, não há prazo definido para o MP atuar”, explica a PGR.

Alcolumbre também é acusado de recrutar 6 mulheres pobres, na periferia de Brasília, que aceitassem receber apenas 10% do salário de R$14 mil.

Crise Mundial

Inflação na Europa atinge maior nível em 25 anos

Preços seguiram tendência mundial e subiram mais uma vez na zona do euro. Custos elevados da energia puxaram inflação na região.

Dados divulgados nesta terça (30), mostram que a inflação dos preços ao consumidor na zona do euro atingiu em novembro a maior alta em 25 anos.

Com taxa de 4,9% no mês, a inflação veio acima da previsão e maior que a registrada no mês anterior, que foi de 4,1%. Os preços ao consumidor subiram mais uma vez, devido os custos mais altos da energia e os problemas envolvendo a cadeia de abastecimento.

Os dados na Europa chegam no momento em que o velho continente volta a adotar medidas de restrição por causa do aumento de casos de covid-19.

Países como a Holanda e a Alemanha implantaram novas restrições nas últimas semanas. No caso da Áustria e da Eslováquia foram determinados lockdown. Para os economistas, se as medidas continuarem se espalhando, isso poderá afetar na produção e ampliar as dificuldades na cadeia de abastecimento.

JUDICIÁRIO

Corte Eleitoral de SP faz homenagem ao Desembargador Cleones Cunha

Desembargador maranhese recebe reconhecimento e é homenageado pela Corte Eleitoral de São Paulo

O desembargador Cleones Carvalho Cunha, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), recebeu o Colar do Mérito Eleitoral Paulista, na categoria Especial Homenagem. A homenagem aconteceu durante sessão solene com transmissão ao vivo pelo canal do TRE-SP no Youtube.

O desembargador Waldir Sebastião, presidente do TRE/SP, ressaltou que a homenagem é “uma manifestação formal do reconhecimento por seus méritos e relevantes serviços prestados à vivência democrática e ao processo eleitoral em todos os seus desdobramentos”. 

A condecoração foi enviada por meio do correio tradicional.

TRAJETÓRIA NA JUSTIÇA MARANHENSE

O desembargador Cleones Cunha foi aprovado, em 1985, no concurso da Magistratura maranhense. Em sua trajetória, atuou como Juiz de Direito nas Comarcas de Vitorino Freire, São Bento, Coroatá e São Luís.

Em 1998, assumiu a função de juiz corregedor da Corregedoria Geral de Justiça. Em 1999, foi nomeado desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão. Também exerceu a função de supervisor-geral dos Juizados Especiais.

Em fevereiro de 2005, assumiu a direção da Escola Superior da Magistratura do Maranhão (ESMAM). Foi corregedor-geral da Justiça no biênio 2012/2013 e presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão no biênio 2016/2017. Atualmente, é presidente da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (CEMULHER/TJMA).

HOMENAGEM

Aluisio preside sessão solene em homenagem ao Dia do Policial Federal

O deputado federal Aluisio Mendes (PSC) presidiu nesta segunda (29) uma sessão solene em homenagem ao Dia do Policial Federal, data oficialmente comemorada no último dia 16 de novembro. A solenidade aconteceu por meio de requerimento de autoria do próprio Aluisio, parlamentar membro da bancada da PF na Câmara.

O sessão contou com a presença de representantes sindicais da Polícia Federal, a exemplo do Presidente Boudens, da Federação Nacional dos Policiais Federais. Silvinei Vasques, diretor geral da Polícia Rodoviária Federal também prestigiou o evento.

Além das homenagens aos policiais, durante a solenidade os participantes debateram sobre melhores condições de trabalho, legislações pertinentes e questões salariais.
Aluisio Mendes cobrou a formulação de uma Lei Orgânica para a Polícia Federal. “É inadmissível que uma instituição com mais de 70 anos de existência não tenha uma Lei Orgânica”, reclamou Aluisio.