Blog do Linhares

Notícias
Emendas

Pinheiro deve receber emendas de André Fufuca

Deputado continua buscando maneiras de fomentar o desenvolvimento do município, especialmente nesse período de pandemia

O deputado federal André Fufuca (PP) vai destinar recursos para o município de Pinheiro visando reforçar o enfrentamento da Covid-19 na cidade, além de auxiliar nas ações de desenvolvimento da Baixada Maranhense.

Anteriormente, o parlamentar já encaminhou emendas para a cidade que permitiram promover o asfaltamento das ruas, recuperação das vicinais de Pinheiro e implementação do galpão da feira do município.

Grave

César Pires denuncia crime ambiental nos campos de Santa Rita

Deputado apresentou vídeo que mostra máquina causando poluição em campos alagados

O deputado César Pires denunciou nesta terça-feira, em sessão remota da Assembleia Legislativa, o que considera um grave crime ambiental que está ocorrendo nos campos de Santa Rita. Ele registrou em vídeo que empresas contratadas para realizar serviços naquela área estão usando maquinário de forma inadequada, causando poluição e consequentes prejuízos às famílias que tiram o sustento dos campos alagados.

“Filmei uma máquina retroescavadeira atolada no campo, com motor e tanque de combustível submersos, nos campos da Baixada que abrangem Santa Rita, Anajatuba e Arari. São máquinas pesadas, cujo tráfego destrói a estrada que dá acesso ao campo e foi refeita no verão passado. A olho nu não dá pra saber a extensão, mas com certeza é um crime ambiental de proporções jamais vistas naquela região de Santa Rita”, relatou o deputado.

César Pires informou que as máquinas utilizadas no serviço de ampliação da rede de energia elétrica naquela área são da CLT Sul Energia, contratada pela CESBE Sociedade Anônima. “São duas empresas irresponsáveis que irei denunciar ao Ministério Público, ao IBAMA e ao Governo Federal. Se fosse no Porto do Itaqui ou na baía de São Marcos, os holofotes do mundo estariam voltados para lá. Mas nos campos alagados, com lâmina d’água de menos de um metro, não levam em consideração os prejuízos ambientais e sociais”, disse o parlamentar.

Ele ressaltou que cerca de 70% da população de Bacabeira, próximo de Santa Rita, convivem em áreas inundáveis e tiram proveito dos campos, seja com criação de bovinos, de búfalo ou extração nativa de peixe. Ele acrescentou ser comum, a partir do mês de maio, as pessoas começarem a pescar nos campos, tanto para a alimentação da sua família ou para vender e complementar a seu sustento.

“Mas tudo isso pode estar sendo destruído por essas empresas. Se houvesse uma ação forte, por parte do Ministério Público, por parte dos meios de comunicação, por parte dos órgãos de fiscalização, não estaríamos assistindo a tanta degradação ambiental”, enfatizou. “Vou continuar denunciando para que os órgãos públicos cumpram o seu papel para que a gente possa assistir, num curto espaço de tempo, a solução desse grave problema”, finalizou.

Death Size:

90% das mortes por Covid-19 acontecem em países com altas taxas de obesidade

Taxa de mortalidade por Covid-19 é 10 vezes maior em países onde mais de 50% da população está acima do peso.

Estudo divulgado pela Federação Mundial de Obesidade mostra que 90% das mortes por Covid-19 acontecem em países com altas taxas de obesidade. A pesquisa foi divulgada pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM). Segundo os números, a taxa de mortalidade por Covid-19 é dez vezes maior em países onde mais de 50% da população está acima do peso. Além da Covid-19, o relatório aponta que pessoas com excesso de peso são muito mais suscetíveis a doenças respiratórias de forma geral.

De 2,5 milhões de mortes pelo novo coronavírus no mundo, 2,2 milhões ocorreram em países com altos níveis de obesidade.

O estudo chegou aos resultados após cruzar dados da Johns Hopkins University e do Observatório de Obesidade da Organização Mundial da Saúde. Casos da Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers) e H1N1 também tendem a ser mais letais para pessoas obesas.

Sobre o estudo, o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros Adhanom, ressaltou que deve ser um alerta para os governos em todo o mundo: “A correlação entre as taxas de obesidade e mortalidade de COVID-19 é claro e convincente“.

Oxigênio

Membro de ONG é preso por desvio de cilindros de oxigênio

Voluntário da “SOS Amazônia” foi preso por desviar mais de 60 cilindros de oxigênio para revenda ilegal

O voluntário da ONG “SOS Amazônia”, João Victor Araújo da Silva, foi preso nesta semana por desviar parte dos cilindros doados a hospitais da região do Amazonas, com intuito de revendê-los na internet a preços superfaturados. Vale ressaltar que no início do ano o Amazonas sofreu colapso no sistema de saúde devido a pandemia.

“Ele se infiltrou numa organização sem fins lucrativos que distribui oxigênio às pessoas que mais precisavam nas estruturas hospitalares e lá de dentro começou a desviar oxigênio e revender a preços superfaturados, lucrando com a desgraça dos outros”, explicou a delegada Emília Ferraz.

Magistrado

Juiz concede liberdade para filho preso por embriaguez ao volante

Artigo 144 do Código de Processo Civil impede o magistrado de exercer suas funções quando seu cônjuge, parente ou consanguíneo for parte do processo

O titular da 1ª Vara da comarca de Floriano (PI), juiz Noé Pacheco, concedeu liberdade provisória para seu próprio filho, Lucas Manoel Soares Pacheco, acusado por lesão corporal e embriaguez ao volante após se envolver em um acidente de trânsito. Segundo relatório da polícia, Lucas Pacheco não prestou socorro a uma mulher ferida, foi flagrado com 1,6 mg/l de álcool no sangue depois de realizar teste do bafômetro e foi preso na noite do dia 28 de março.

A Corregedoria Geral da Justiça do Piauí já acompanha o caso do juiz, determinando abertura de processo para investigar e apurar possíveis irregularidades na conduta do titular da 1ª Vara da comarca de Floriano (PI), sendo-lhe assegurado o direito ao contraditório e à ampla defesa. Conforme decisão de Noé Pacheco, o próprio juiz estaria impedido de se manifestar no caso, visto que o autuado é seu filho, mas o substituto legal estava de férias e apenas o Tribunal de Justiça poderia designar outro magistrado, o que acarretaria demora injustificada na defesa do autuado. Porém, segundo a Corregedoria, caso o substituto imediato se encontre afastado, cabe à Presidência do Tribunal indicar outro magistrado para atuar no caso.

Além do mais, Noé Pacheco concedeu liberdade provisória sem necessidade de fiança sobe justificativa que o seu próprio filho “não dispõe de renda própria”, ressaltando que a conduta do autuado “não causou significativo abalo da ordem pública nem evidenciou periculosidade exacerbada” para justificar a prisão. Entretanto, o Código de Processo Civil, em seu artigo 144, determina que: “Há impedimento do juiz, sendo-lhe vedado exercer suas funções no processo: […] IV – quando for parte no processo ele próprio, seu cônjuge ou companheiro, ou parente, consanguíneo ou afim, em linha reta ou colateral, até o terceiro grau, inclusive; (…)”

Mamata Connection

Aliados de Dória na imprensa ganham contrato de R$ 8 milhões de verba pública

Hashtag “Mamata Connection” alcançou mais de 370 mil menções no Twitter, causando repercussão negativa ao programa da TV Cultura

Contratos disponíveis no site de editais da Fundação Padre Anchieta mostram que o programa “Manhattan Connection”, adquirido no fim do ano de 2020 pela TV Cultura — emissora da Fundação Padre Anchieta, pertencente ao Governo do Estado de São Paulo — custam oito milhões e sessenta e quatro mil reais.

Este valor, pago com impostos dos cidadãos paulistas, não é a única coisa que chama atenção na relação entre a TV Cultura e o programa ligado ao sócio do blog “O Antagonista”, Diogo Mainardi, este que divide afetos tanto com João Doria, quanto Sérgio Moro. De acordo com o contrato, o programa é representado pela Blend Negócios Divulgação e Editoração Ltda, empresa criada um dia antes do acordo entre as duas partes ser firmado, em 28 de dezembro. O capital social da empresa é divergente em relação ao tamanho do negócio firmado, pois, segundo informações do TV Pop, a Blend informa ter em seus cofres apenas R$ 10 mil reais.

“Se os patrocinadores privados desistissem de anunciar no programa, ele acabaria no dia seguinte, porque a TV Cultura não é responsável por seu financiamento, nem pelo pagamento dos salários de seus apresentadores”, disse Diogo Mainardi em artigo publicado no blog “O Antagonista”, alegando que o Manhattan Connection é totalmente financiado por patrocinadores privados, todos eles captados pela Blend, depositando o dinheiro do patrocínio na TV Cultura, que repassa uma parte para a Blend. Entretanto, a hashtag “Mamata Connection” já possui mais de 370 mil menções no Twitter, demonstrando que a explicação não foi muito convincente.

Vacinação

Morte de Agnaldo Timóteo põe em dúvida eficácia do CoronaVac

Profissionais da saúde acreditam que ele tenha se contaminado entre primeira e a segunda dose

Dois dias depois do cantor ter tomado a segunda dose do imunizante CoronaVac do Instituto Butantan, Agnaldo Timóteo foi internado em 17 de março reclamando de falta de ar, falecendo neste sábado (3) por complicações do Covid-19.

Embora o Governo de São Paulo afirme que a vacina é 100% eficaz contra casos graves, o Instituto Butantan explica que “[…] a vacinação diminui o risco, mas não imuniza totalmente a pessoa. Nenhuma vacina contra qualquer doença é 100% eficaz […] algumas pessoas ainda podem ter a doença ou a infecção mesmo tendo sido vacinadas, mas poderão ter uma forma menos grave da doença em função do imunizante”.

Em 25 de março, mesmo tomando doses nos dias 21 de janeiro e 11 de fevereiro, Justiniano Rocha (Secretário de Saúde de Lins/SP) morreu de Covid-19 após ter tomado as duas doses da CoronaVac. Já no dia 26 de março, em Minas Gerais, Juliana Pereira Silva morreu aos 33 anos à espera de um leito de UTI 40 dias após ter tomado a segunda dose. Este último caso chama mais atenção pois, de acordo com especialistas, a vítima havia atravessado a “janela imunológica” de duas semanas.

Imunização

Profissionais de segurança são imunizados em Imperatriz

A vacinação ocorre no modelo drive-thru, sendo necessária apresentação de cartão do SUS e documento de identificação

Na manhã desta segunda-feira (5) foi dado início à imunização contra covid-19 de profissionais de segurança, salvamento e profissionais das forças armadas. A ação ocorreu no estacionamento do Imperial Shopping de Imperatriz, cuja idade mínima exigida é de 50 anos.

Segundo informações, as expectativas foram atendidas no que se refere à procura por imunização de profissionais da segurança pública. Podem ser vacinados: Exército, Aeronáutica, Marinha, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal, Agente Penitenciário e Força Estadual Integrada de Segurança Pública.

Para atender solicitação ao Governo Federal em priorizar os agentes de segurança pública em todo o país, os imunizantes foram disponibilizados pelo Governo do Estado do Maranhão. A equipe de logística e imunização é formada pela Regional de Saúde, AGEMSUL, Secretaria de Governo, Exército Brasileiro e Bombeiros Militar.

Covid-19

Câmara de São Luís mantém suspensão de atividades presenciais

Atividades da sede do Legislativo Municipal seguem em formato home office

Foi prorrogada por mais uma semana a suspensão das atividades presenciais da Câmara Municipal de São Luís, mantendo o trabalho presencial paralisado desta segunda (5) até a próxima sexta-feira (9).

Com objetivo de preservar a saúde dos parlamentares e demais servidores que atuam nas dependências do Palácio Pedro Neiva de Santana, a suspensão das ações presenciais é uma das medidas de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus. As sessões ordinárias serão realizadas pelo Sistema de Deliberação Remota.

Iniciativa

Prefeitura de São Luís lança Campanha Vacina Solidária

Prefeito Eduardo Braide durante vacinação no drive-thru da vacinação

O prefeito de São Luís Eduardo Braide lançou, nesta segunda-feira (5), a Campanha Vacina Solidária. A iniciativa consiste na arrecadação de alimentos não perecíveis durante a vacinação contra a Covid-19, a serem destinados a quem mais precisa.

“Sabemos como a pandemia trouxe muitos desafios para a vida das pessoas. E esses desafios têm sido cada vez maiores. Pensando nisso, iniciamos a campanha Vacina Solidária. A pessoa que puder, na hora de se vacinar contra a Covid-19 em um dos nossos pontos de vacinação, traga 1kg de alimento não perecível que, após coletado, será doado a quem mais precisa”, informou o prefeito.

A destinação dos alimentos arrecadados vai contemplar ainda, abrigos, igrejas e entidades filantrópicas.

“Já temos todo esse levantamento em situação de maior vulnerabilidade. E além de entidades filantrópicas, abrigos e igrejas, temos os inscritos no CadÚnico e aqueles mapeados pelos CRAS. Por isso, a Campanha Vacina Solidária se faz importante neste momento, uma vez que a solidariedade vai fazer a diferença na mesa de quem tem enfrentado grandes desafios com a pandemia”, completou o prefeito Eduardo Braide.

A Campanha Vacina Solidária, com a arrecadação de 1kg de alimento não perecível, está disponível em todos os pontos de vacinação contra a Covid-19:

– Centro Municipal de Vacinação (Multicenter Sebrae);

– Drive Thru Reserva (Shopping da Ilha);

– Drive Thru UFMA.

Tragédia

Maranhão alcança pico de mortes em único dia na pandemia

Dados: Divulgação/Secretaria de Estado da Saúde (SES)

Em menos de uma semana o Maranhão voltou a registrar pico de mortes diárias por Covid-19, sendo 42 óbitos o maior número apontado em 24h durante toda a pandemia. Já é a segunda vez que o Estado registra 42 mortes em um único dia, ocorrendo em 29/03/21 e 03/04/21, ou seja, segunda-feira e sábado da mesma semana.

Até o momento, o Maranhão obteve 6191 óbitos e 244.563 casos de Covid-19. Neste sábado (3), os 42 novos óbitos provocados pela doença foram registradas nas cidades de São Luís (12), Santa Inês (3), Santa Luzia (3), Codó (2), Imperatriz (2), Paço do Lumiar (2), Paraibano (2), Pinheiro (2), Timon (2), Açailândia (1), Aldeias Altas (1), Araioses (1), Bacabal (1), Bom Jardim (1), Nina Rodrigues (1), Poção de Pedras (1), São Benedito do Rio Preto (1), São José de Ribamar (1), São Luís Gonzaga (1), Vargem Grande (1) e Vitória do Mearim (1).

Com relação aos profissionais de saúde, de 4.435 infectados pela doença, foram registrados 77 óbitos e 4.271 se recuperaram da Covid-19. Quanto à nova cepa no Estado, o primeiro caso da variante brasileira P.1 da Covid-19, identificada originalmente no Amazonas, foi confirmada em 26 de fevereiro no Maranhão através da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Vacinação

“São Luís vai ganhar novo ponto de vacinação”, anuncia prefeito Braide

O espaço terá capacidade para vacinar mais de duas mil pessoas por dia.

Em anúncio realizado por meio de sua rede social, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), divulgou no último sábado (3) que a capital do Maranhão vai ter a disposição mais um ponto de vacinação contra a covid-19.

O novo espaço vai funcionar no Centro de Convenções da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), localizado na região Itaqui-Bacanga, em São Luís. De acordo com o prefeito, o local terá capacidade para vacinar até 2.500 pessoas por dia e a vacinação na cidade será agilizada ainda mais.