Todas as vagas em todos os estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste foram vencidas por aliados do presidente. Lula não conseguiu repetir o feito nem mesmo no Nordeste

Todos os aliados do presidente Jair Bolsonaro que disputaram as eleições para o Senado nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste foram eleitos. Ao todo, foram eleitos 11 senadores nos estados destas regiões. Aliados de Lula foram maioria nas outras duas regiões, mas em nenhuma eles conseguiram fazer todos.

Foram eleitos na Região Sul: Hamilton Mourão (Rio Grande do Sul), Jorge Seif (Santa Catarina) e Sergio Moro (Paraná). Na Região Sudeste: Magno malta (Espírito Santo), Cleitinho (Minas Gerais), Romário (Rio de Janeiro) e Marcos Pontes (São Paulo). No Centro Oeste: Damares Alves (Distrito Federal), Wilder Moraes (Goiás), Tereza Cristina (Mato Grosso do Sul) e Wellington Fagundes (Mato Grosso).

No Nordeste a hegemonia dos aliados de Lula foi impedida pelo ex-ministro Rogério Marinho (Rio Grande do Norte) e por Laércio Oliveira (Sergipe). No Norte, Bolsonaro ajudou a eleger Professora Dorinha (Tocantins), Dr Hiran (Roraima) e Jaime Bagattoli (Rondônia).

Presidente viu aliados vencerem eleições para Senado em mais de 60% de todos as disputas no país. Resultado é visto como trunfo para o 2º turno.