Após Brasmarket, Modalmais também aponta superioridade do presidente contra petista nas intenções de voto

Uma pesquisa eleitoral divulgada nesta quinta (1º de setembro) mostra Jair Bolsonaro com 40,1% e Lula com 36,9%. Esta é a segunda pesquisa de âmbito nacional que aponta liderança do presidente. Os dados fazem parte de pesquisa estimulada, na qual os entrevistadores apresentam uma lista de candidatos ao eleitor.

Em janeiro deste ano, Lula aparecia com 36% das intenções de voto e Bolsonaro com 31%. Na última sondagem, feita em julho, os dois apareciam empatados tecnicamente. Jair Bolsonaro tinha 37,5% e Lula 36,9%.

No cenário em que 12 candidatos disputam o pleito, Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro lugar com 10,1% das intenções de voto. Em seguida, Simone Tebet (MDB) pontua 2,2%. Outros nomes da terceira via também pontuaram, como Vera Lúcia (PSTU) e Pablo Marçal (PROS), cada um com o,4%, Roberto Jefferson (PTB) com 0,2%, Sofia Manzano (PCB) e Léo Péricles (UP) com 0,1% cada.

A pesquisa também registra que 4,6% pretendem votar branco ou nulo e que 4,6% não sabem ou estão indecisos sobre em quem votariam.

Em eventual segundo turno entre os dois candidatos na liderança, Lula tem 45,3% das intenções de voto, ante 43,8% de Jair Bolsonaro. A parcela dos que votariam branco ou nulo é de 9,0%, enquanto 1,9% não sabem/não responderam.

Já na espontânea, na qual os eleitores não recebem a lista de candidatos, Bolsonaro lidera com 38,8% ante a parcela de 37,7% do eleitorado que pretende votar em Lula.

Apesar de liderar as intenções de voto, Bolsonaro registra a maior rejeição do eleitorado com 40,7%, ante Lula, com 38,9%

A pesquisa da Futura, encomendada pelo banco digital Modalmais, está registrada na Justiça Eleitoral sob número BR-07639/2022. Foram consultadas 2 mil pessoas em todo o território nacional. A margem de erro máximo estimada é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, e a confiabilidade é de 95%.