Ex-secretário lembrou ex-prefeito do fracasso de sua gestão em aprovar Plano Diretor da capital

A estratégia de crescer por meio do debate do ex-secretário de indústria e comércio, Simplício Araújo (Solidariedade), teve no debate da Difusora seu primeiro desafio. Além de ser implacável com seus adversários, Simplício centralizou seu discurso na geração de emprego e produção de riqueza como saída para o Maranhão. O ponto alto da atuação do candidato do Solidariedade foi enquadrar o ex-prefeito Edivaldo Holanda Jr sobre o Plano Diretor de São Luís. Edivaldo foi prefeito por oito anos e não aprovou o plano diretor.

Além de constranger Edivaldo com o fracasso de sua gestão no setor, Simplício enquadrou o senador Werverton Rocha (PDT) e criticou a ausência do governador Carlos Brandão(PSB).

“Tem muita gente aqui com deputado que trouxe recurso oriundo do famoso orçamento secreto, e é por isso que eu digo que nós temos que ter mais gestão e menos politicagem. Porque esses recursos que na verdade foram mais de R$ 2 bilhões até agora dentro do Maranhão não tem resultado prático para o desenvolvimento, para saúde, pra nada no Maranhão. Aliás, a gente não sabe onde foi parar esse dinheiro”, disse Simplício.