Onda de perseguições políticas contra candidato supera divulgação de notícias falsas e adversários partem para violência concreta contra campanha de Bonfim.

É cada vez mais evidente o incômodo das forças politicas tradicionais do Maranhão contra o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim. Após a onda de notícias falsas que visam desacreditar o candidato nos últimos dias, Lahesio Bonfim (PSC) foi alvo de um atentado neste sábado. Marginais incendiaram a instalação elétrica da rádio Veneza, em Caxias. A intenção era impedir que Bonfim falasse aos moradores da cidade.

Bonfim mostrou nas redes sociais o momento em que o incêndio destruiu o sistema elétrico da rádio. Durante o vídeo, ele afirmou que vai continuar levando “a mensagem da esperança”.

“(…) Isso não vai me parar. Nós vamos continuar levando a mensagem da esperança contra esse Governo que acabou com o nosso estado, deixou na miséria, na fome e na pobreza”, disse.

A prática é comum em cidades do interior durante eleições municipais. No entanto, atos de violência e intimidação desta natureza não eram registrados em campanhas para governo há décadas.

O candidato do PSC disse que a ação criminosa visa censurar seu projeto político e afirmou que não vai desistir da disputa governamental.

“A esperança tem nome: é Lahesio Bonfim. Vocês podem fazer o que bem quiserem com a energia, mas não vão me calar de jeito de nenhum. Porque o Maranhão tem jeito sim. É Lahésio Bonfim”, concluiu.