Partidos e federações devem definir os candidatos que disputarão as eleições de 2022.

Os partidos políticos e as federações partidárias devem, até esta sexta (05/08/22), realizar convenções e definir os candidatos e candidatas que disputarão cargos eletivos deste ano, assim como definir a formação de coligações.

As federações partidárias fazem as convenções ocorrerem de forma unificada, com a participação de todas as legendas integrantes. Mas no caso das coligações entre partidos, que somente se aplica aos cargos de presidente, governador, prefeito e senador, na disputa pelos chamados cargos majoritários, – o candidato é eleito quando obtém a maior quantidade de votos.

Registro no TSE

Uma vez definidos os candidatos, os partidos terão até o dia 15 de agosto para pedir ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o registro de seus candidatos à Presidência da República, governos estaduais e às vagas de senadores e deputados federais, estaduais e distritais.

Até a tarde de ontem (4), apenas quatro candidatos à Presidência da República tinham registrado suas candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE): Felipe D´Avila (Novo); Léo Péricles (Unidade Popular-UP); Pablo Marçal (Partido Republicano da Ordem Social-Pros) e Sofia Manzano (Partido Comunista Brasileiro-PCB). Seus vices são, respectivamente: Tiago Mitraud; Samara Martins; Fátima Pérola Neggra e Antonio Alves.