Ex-prefeito entregou documento em que resume seus bens a R$ R$2.209,09 em uma conta bancária e um apartamento de R$ 190.000,05

Levando-se em consideração a declaração de bens do ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr (PSD), pode-se inferir que o homem que governou por duas vezes uma das maiores cidades do país está em situação financeira delicada.

Candidato ao governo do Maranhão em 2022, Edivaldo, assim como todos os outros, é obrigado a entregar para a Justiça Eleitoral uma declaração de bens.

Na declaração constam apenas um depósito de R$ 2.209,09 e um apartamento de R$190.000,05 (detalhe nos centavos). Os bens, somados, chegam a R$192.380,30

Não é de hoje que a política impõe a Edivaldo Holanda usa sua declaração de bens para zombar da Justiça Eleitoral. Em 2016, durante sua reeleição de prefeito, Edivaldo declarou o mesmo apartamento pelo valor de R$190.000,00. Isso significa que o imóvel localizado no Calhau, uma das áreas mais nobres de São Luís, valorizou, após seis anos, míseros R$ 0,05 (cinco centavos de real).

Apesar de contar com a valorização do imóvel, Edivaldo teve perdas na conta bancária. Naquele ano ele declarou R$3.186,48 em depósito bancário. Totalizando R$193.186,48 em bens. Logo, o prefeito teve uma perda de R$ 977,39 em seus bens declarados ao longo de seis anos.

Voltando-se um pouco mais no tempo, mais especificamente em 2012, a zombaria do ex-prefeito se torna ainda mais latente. Naquele ano Edivaldo, que era deputado federal, declarou R$ 293.476,93 em bens. Entre eles uma caderneta de poupança no valor de R$ R$ 6,10; dois consórcios não contemplados no valor aproximado de R$ 34 mil; um apartamento no valor de R$65.116,45; aplicações em renda fixa de R$ 50 mil e quotas de capital no valor de R$ 25 mil.

Subtraindo-se R$ R$193.186,48 (2016) de R$ 293.476,93 (2012), chega-se a 100.290,45. Este é o valor que Edivaldo Holanda perdeu de seus bens após quatro anos como prefeito.

Graças a algum milagre financeiro, entre 2016 e 2022 o ex-prefeito conseguiu estancar a sangria e perdeu apenas R$ 977,39 em seus bens.