Após governo enviar para a Assembleia decisão da redução do ICMS dos combustíveis, Simplício questionou se a resolução dos problemas do ferryboat, a pobreza, a falta de emprego, será também “empurrada com a barriga para a Assembleia”.

Simplício Araújo (Solidariedade), pré-candidato ao governo do Maranhão, questionou a atuação do poder executivo sobre os diversos problemas do estado que não foram resolvidos e ressaltou que Carlos Brandão atua sem foco na população maranhense.

Nas redes sociais o ex-secretário de Indústria, Comércio e Energia do Maranhão publicou um vídeo expondo o posicionamento do governo sobre a redução do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) dos combustíveis que foi encaminhada para a Assembleia Legislativa do Maranhão.

“E a resolução dos problemas reais que afetam o Ferry Boat, a pobreza, os baixos indicadores, a falta de emprego, tudo isso será empurrado com a barriga para a Assembleia?”, disse.

Simplício também pontou que o reajuste de 33,4% para os professores da rede pública estadual, nomeação e o aumento do efetivo policial no estado não foram resolvidos.

“Com todos esses problemas, a hora é de ação e não de enrolação!”, declarou o pré-candidato, cobrando respostas rápidas, eficazes.