Caio Borralho derrubou adversário em todos os rounds e dominou o armênio nos dois primeiros para garantir mais uma vitória no Ultimate. É o quarto resultado positivo seguido do maranhense, sendo dois pelo Contender Series e dois pelo Ultimate.

No co-evento principal do UFC Dos Anjos x Fiziev deu Brasil com tranquilidade. Caio Borralho abusou das quedas e da luta agarrada para dominar Armen Petrosyan e vencer por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28) na madrugada deste sábado para domingo, em Las Vegas (EUA). É o quarto resultado positivo seguido do maranhense, sendo dois pelo Contender Series e dois pelo Ultimate.

– Dricus du Plessis, você é o cara que eu quero enfrentar. Eu vou entrar no ranking depois que te der uma surra – disparou Borralho após a vitória.

A luta

Borralho entrou disposto a fazer trabalho rápido. No primeiro tiro, colocou o rival para baixo e transitou para as costas com muita técnica. Sem dar espaço para o armênio, ele tentou atacar o pescoço algumas vezes, mas não conseguiu a finalização. No segundo round, Petrosyan conseguiu usar mais sua trocação, mas Caio voltou a expor a defesa de quedas do adversário em duas oportunidades. Na segunda, foi para as costas e controlou mais uma vez.

Nitidamente mais cansado no terceiro assalto, Borralho teve sua primeira tentativa de queda defendida logo no começo, mas pressionou no clinche contra a grade. Caio tentou um ataque nas pernas sem sucesso e caiu por baixo. Petrosyan ficou de pé chutando as pernas do rival, sem dar espaço para que se levantasse até que o árbitro separou. Na volta, Borralho conseguiu derrubar, mas o armênio ficou de pé na sequência. Ele pressionou na grade e administrou o resultado.