Feirante e agiota, Aureliano Araújo Diniz retornava para casa quando levou vários tiros dentro seu veículo modelo Corsa Classic, cor prata.
Feirante e agiota, Aureliano Araújo Diniz retornava para casa quando levou vários tiros dentro de seu veículo modelo Corsa Classic, cor prata.

Na tarde desta quarta (6 junho), Aureliano Araújo Diniz, conhecido como Lico, de 43 anos, foi brutalmente assassinado nas proximidades do cemitério do São Raimundo do Anjo da Guarda, área Itaqui-Bacanga, em São Luís. Feirante e agiota, Aureliano retornava para casa quando seu veículo modelo Corsa Classic, cor prata, foi abordado por criminosos.

Segundo a Polícia Militar (PM), Aureliano estava sozinho e levou vários tiros e morreu dentro do carro, enquanto, os suspeitos fugiram em um veículo Argo branco, de placas não identificadas.

A polícia encontrou dentro do carro da vítima cerca de R$ 10 mil e algumas compras de supermercado. O feirante trabalhava no bairro Mauro Fecury, área Itaqui-Bacanga como também emprestava dinheiro a juros. Recentemente Aureliano teria discutido com os faccionados dessa localidade e o assassinato é investigado pela equipe da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP).

Peritos do Instituto de Criminalística (Icrim) levaram o corpo da vítima ao Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga, para ser periciado.