Presidente decide ajudar a acabar com caos criado no governo de Flávio Dino e agravado com Carlos Brandão. Nenhum dos dois agradeceu apoio ou citou ação.

A gestão de Jair Bolsonaro (PL) irá ajudar a desfazer o caos criado pelo ex-governador Flávio Dino (PSB) no sistema de transporte do ferryboat, no Maranhão. Após anos de sucateamento, a travessia entre a ilha de São Luís e o continente feita por embarcações chamadas “ferryboats”, entrou em colapso. O Governo Federal liberou recursos para a construção de dois novos ferryboats para a travessia entre a Ponta da Espera (São Luís) e o Cujupe (Alcântara), que serão construídos com recursos do Fundo da Marinha Mercante (CDFMM).

O investimento destinado ao Maranhão pelo Governo Federal será de mais de R$ 50 milhões.

A liberação já consta no Diário Oficial da União e estipula um prazo de 450 dias para a conclusão dos projetos. Serão construídos dois “super-ferryboats” mistos com capacidade para 800 pessoas e 80 veículos.

A ação do governo de Jair Bolsonaro irá resolver em pouco mais de um ano o que Flávio Dino demorou 7 anos para destruir.