Pré-candidato ao Palácio dos Leões afirmou que o Maranhão tem condições de prosperar, mas discurso de pobreza é usado por agenda política que deseja enganar os cidadãos.

 “Querem confundir você!”, disse Simplício Araújo (Solidariedade) nas redes sociais, ao publicar, nesta segunda ( 20 junho), um vídeo denunciando a tática usada por políticos maranhenses para manter a população refém de “troca de favores”.

“A cada eleição a histótria se repete. As pessoas estão voltando por troca de favores”, diz um trecho do vídeo.

De acordo com a gravação, diversos políticos visam o interesse individual com o único objetivo de perpetuar-se no poder. Por isso, o papel social do representante escolhido pela comunidade não é cumprido, – a vida dos moradores é prejudicada e a condição de vida, arruinada.

O conteúdo mostra uma professora em uma casa de barro, improvisada como sala de aula, explicando a situação econômica do Maranhão para pessoas humildes.

“Todo mundo diz que nosso Estado é o mais pobre do Brasil”, questiona uma criança. A professora comenta que a classe política fez o povo entender que o Maranhão é pobre, é ruim. “Tem muita dificuldade, mas o nosso estado é rico. Cheio de recursos naturais, uma economia com muito potencial. Só precisa que os políticos invistam”, explica.

Entre todos os pré-candidatos, o ex-secretário de Indústria, Comércio e Energia, é o único a esboçar o que seria um plano de governo e um rompimento com a forma tradicional de gerir estado.

 “Vamos focar no nosso crescimento, geração de emprego, renda. Na capacitação da nossa gente, com uma educação de qualidade e com gestão e responsabilidade”, completou Simplício.