Presidente do Partido Progressistas e ex-aliado do petista tem subido o tom contra o ex-presidente da República.

O ministro-chefe da Casa Civil do governo Jair Bolsonaro (PL), Ciro Nogueira, descartou a possibilidade de apoiar um eventual governo Lula em 2023. O partido Progressistas também não deve compor a base aliada do ex-presidiário.

Ele que já esteve na base de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Dilma Rousseff (PT), Michel Temer (MDB) e é ex-aliado de Lula (PT) teceu críticas contra o líder petista alegando que o ex-presidente é sinônimo de ‘atraso’ e ‘ingovernabilidade’.