Assassino foi responsável pela morte de 19 crianças e duas professoras em escola primária nos EUA.

Salvador Rolando Ramos é apontado como autor do massacre de 19 crianças e duas professoras na escola Robb Elementary, no Texas ontem. As professoras mortas foram identificadas como Eva Mireles e Irma Garcia. 

Salvador havia completado 18 anos em 16 de maio. O assassino estudava na Escola Secundária de Uvalde, cidade onde também morava. Nas redes sociais, o jovem costumava publicar fotos usando maquiagem, roupas femininas e armas.

Stephen Garcia, amigo de Salvador, afirmou ao Washington Post que o assassino sofria de problemas mentais e tinha problemas familiares. “Acho que ele precisava de ajuda mental. E de resolver a relação com a família. E de amor”, afirma Garcia. 

Em conferência de imprensa, o chefe da polícia, Pete Arredondo, revelou que o jovem “agiu sozinho durante este crime hediondo” e que morreu durante o tiroteio. 

Uma investigação preliminar tornou possível saber que o jovem “abandonou o seu carro e entrou na Robb Elementary, em Uvalde, com uma pistola e pode também ter tido uma espingarda”.

Antes de assassinar as crianças, Salvador atirou contra a própria avó, que está hospitalizada em estado crítico. Até agora, não se conhecem os motivos do tiroteio. 

De acordo com a polícia, o assassino entrou na escola e disparou indiscriminadamente. Além disso, usava um colete à prova de bala, o que dificultou a tarefa de detê-lo mais cedo, tendo sido necessário esperar por uma equipe especial. 

As autoridades encontram-se agora a tentar perceber o que motivou o assassino realizar o ataque, que ocorreu pelas 12h no Texas (14h no horário de Brasília) de terça-feira, na Robb Elementary School, onde estudam cerca de 600 crianças, entre os 5 os 11 anos.