O candidato de esquerda Gustavo Petro obteve 40,4% dos votos, já o empresário Rodolfo Hernández recebeu 27,9%. Segundo turno será em 19 de junho.

A Colômbia vai ter que voltar às urnas para decidir quem vai comandar o país nos próximos anos já que a eleição presidencial foi para o 2º turno.

De acordo com registros do cartório nacional do país andino, o candidato de esquerda colombiano Gustavo Petro, um ex-membro do movimento de guerrilha M-19 que prometeu profundas mudanças econômicas e sociais, obteve 40,4% dos votos.

Ele ficou em primeiro lugar durante o primeiro turno da eleição presidencial neste domingo (29) e vai enfrentar o empresário Rodolfo Hernández, conhecido como “Trump Colombiano”, que obteve 27,9%.

O segundo turno acontecerá no dia 19 de junho.