O crime foi cometido por dois homens que fugiram em uma motocicleta, e a vítima era um dos líderes da comunidade do Jacarezinho.
O crime foi cometido por dois homens que fugiram em uma motocicleta, e a vítima era um dos líderes da comunidade do Jacarezinho.

Edvaldo Pereira Rocha, de 52 anos, líder da comunidade quilombola Jacarezinho, localizada no município de São João do Soter, no interior do Maranhão, foi morto com oito tiros no fim da manhã desta sexta (29). Segundo a polícia, o crime aconteceu no povoado Bom Jardim, zona rural de São João do Soter.

A polícia informou que a vítima foi assassinada com vários tiros por dois homens ainda não identificados, que fugiram em uma motocicleta. Edvaldo morreu ainda no local.

O corpo do quilombola foi levado o para o Instituto Médico Legal (IML). A equipe da Delegacia Regional do município de Caxias vai investigar o caso. A vítima era um dos líderes da comunidade Jacarezinho, em São João do Soter, há anos lutava pela titulação da comunidade quilombola Jacarezinho e era filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT).