O vídeo diz que o presidente russo é um “grande homem de guerra”, sem citar a invasão à Ucrânia, e culpa os EUA pelo fracasso da União Soviética.

O The New York Times anunciou que integrantes do governo chinês tem se reunido para discutir a divulgação de um documentário que retrataria o presidente da Rússia como um herói.

A produção, de 101 minutos, conta com uma trilha sonora dramática e imagens ensolaradas de Moscou, cujo vídeo afirma que o colapso da União Soviética foi provocado por esforços dos Estados Unidos para destruir sua legitimidade.

O documentário foi concluído em 2021 e não menciona a invasão à Ucrânia, mas sustenta a ideia de que o país russo está certo em se preocupar com os vizinhos que se separaram da União Soviética.

No documentário, Vladimir Putin é comparado a Stalin, é um “grande homem de guerra” e renovou o orgulho patriótico do país.