A passagem do mandatário maranhense por Colinas foi curta. Os professores pedem que o Maranhão atenda o governo Federal e reajuste o salário da classe em 33,24%.

O agora atual governador do Maranhão, Carlos Brandão, visitou sua terra Natal, durante ação dos 131 anos de Colinas. Porém educadores do município receberam Brandão com faixas e cartazes em protesto contra o Palácio dos Leões.

A passagem do mandatário maranhense por Colinas foi curta. Os professores pedem que o Maranhão atenda o governo Federal e reajuste o salário da classe em 33,24%.

Com medo das manifestações, Brandão evitou os educadores. Guardas municipais e policiais militares ainda tentaram intervir contra a manifestação.

Além dos professores, outras categorias, como a Policia Civil, ja deliberaram por ações de protesto pela falta de reajuste, e acordos não efetivados.

Na última sexta (8), Policiais Civis se reuniram em assembleia geral e concordaram pela realização de protestos e atos devido a não edição e aprovação da Medida Provisória que previa o reescalonamento da categoria.

Com a decisão, a classe da Polícia Civil garantiu mobilização contra o Governo do Maranhão em todo o estado, cuja comissão deve se reunir nesta segunda (11) para promover uma intensa manifestação e reforçarem o discurso comum em prol da união da categoria.