Representantes dos países se encontraram nesta quinta para uma nova rodada de negociações para tratar de um possível cessar-fogo.

Os representantes da Rússia e Ucrânia realizaram a segunda rodada de negociações em Belarus para tratar da possibilidade de um cessar-fogo nesta quinta (3).

Ao fim do encontro, os diplomatas dos países acertaram a criação de corredores humanitários para possível cessar-fogo na região dos corredores, agendamento de uma nova reunião, entrada de provisões e retirada de civis.

“Conseguimos chegar a um entendimento sobre a questão principal […] Agora, temos o que responder para centenas de pessoas com parentes nos territórios em conflito. O mais brevemente possível, ofereceremos a possibilidade de sair desses territórios com segurança”, afirmou o conselheiro presidencial ucraniano, Mykhailo Podolyak, ao fim da conversa.

“Mais uma vez, a Federação Russa reforça que a intenção é manter a paz nessa situação […] Pedimos que a população use esses corredores humanitários e esperamos que isso tudo se resolva logo”, afirmou Vladimir Medinsky, chefe da delegação de Vladimir Putin.

No entanto, segundo informações, o pior da guerra está por vir já que o presidente da Rússia ainda pretende continuar a escalada militar na Ucrânia visando combater neonazistas e desmilitarizar o país.