Zé Inácio alfinetou Bolsonaro e associou o machismo à Direita, citando o caso dos comentários sexistas do deputado Arthur do Val à Sergio Moro.

Em manhã de pronunciamentos voltados ao Dia da Mulher na Assembleia Legislativa do Maranhão, nesta terça (8), o deputado estadual Zé Inácio (PT) afirmou que Lula é saída para a mulher brasileira, considerando a oposição um retrocesso.

Na oportunidade, o petista associou o machismo à Direita ao citar o recente episódio dos comentários sexistas do parlamentar Arthur do Val ao ex-juiz e pré-candidato à presidência da República Sérgio Moro (Podemos), mencionando, ainda, o chefe do Executivo Nacional Jair Bolsonaro (PL)

“Ele (Arthur do Val) se elegeu um dos deputados mais votados do Estado de São Paulo exatamente porque defende esse pensamento da direita que não reconhece a mulher como ser humano […] Não podemos desconectar o pensamento da direita, que hoje representa esses jovens do MBL, que tem como pré-candidato Sergio Moro. E tem também a direita conservadora que apoia Bolsonaro. São aqueles mesmos que negam as mulheres, como ele vem fazendo esses anos”.

Zé Inácio concluiu seu discurso apontando o que seria a provável solução para que a mulher brasileira tenha voz e vez, mencionando que seu partido garantiu espaço, dignidade e direito para o público feminino.

“Vocês sabem a saída para que a mulher tenha voz e vez. É Lula presidente do Brasil. Quando o PT governou nosso país, garantiu espaço, dignidade e direito para às mulheres. Não é atoa que o Partido dos Trabalhadores elegeu a primeira mulher presidente do Brasil”, encerrou.