PT estimula a militância política a retomar atividades de campanha de outros tempos, como visita domiciliar para debater sobre política na casa dos brasileiros.

Um dos planos de ação pensados pelo PT para tentar eleger Lula em 2022 é a retomada das visitas de “porta em porta” nas cidades.

Os comitês populares criados pelo petismo para articular a campanha de Lula nos mais de 5.000 municípios brasileiros recomenda aos militantes “pensar coletivamente num roteiro de conversas com as pessoas”.

Em alguma manhã de sábado ou domingo, um petista tocará a campainha ou baterá palmas no portão da sua casa para defender os pontos de vista da candidatura do ex – presidente, Lula.

Com informações de Robson Bonin, do Veja.