Indígenas foram até o prédio da Educação em Barra Corda exigir que Flávio Dino cumpra a promessa da construção de uma escola na Aldeia indígena.
Índios da Aldeia Escalvado foram até o prédio da Educação em Barra do Corda exigir que Flávio Dino cumpra a promessa de construir uma escola na Aldeia indígena.

Indígenas da Aldeia Escalvado do município de Fernando Falcão, em Barra do Corda, protestaram contra o governo Flávio Dino. Com faixas, cartazes, os índios foram até o prédio da Unidade Regional de Educação cobrar a promessa da construção de uma escola na Aldeia Escalvado, que não foi realizada pelo governo Dino.

Os indígenas afirmam que Flávio Dino prometeu que a Aldeia receberia uma escola para atender mais de 900 alunos, que estudam na região indígena. Porém, o mandatário do Maranhão deve deixar o cargo no fim deste mês para concorrer ao Senado sem realizar a obra na Aldeia Escalvado.

Centenas de índios percorreram algumas ruas do Centro de Barra do Corda. A Polícia Militar ainda tentou conter os indígenas, mas os nativos furaram a barreira da Polícia Militar e chegaram até o prédio da URE, que pertence ao governo do Maranhão. Os ânimos ficaram exaltado. A Polícia Militar reforçou o paredão e impediu a entrada.