A Comissão Parlamentar de Inquérito visa apurar a licitação e os contratos de concessão aos empresários que operam o sistema de ônibus na capital.

Mais uma reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que trata do transporte público da capital maranhense acontecerá às 14h desta terça (8), na Câmara de São Luís.

Durante o encontro, os membros da CPI dos Transportes farão a oitiva de dois convidados: uma delas é a presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET), Jorgelle Maria Rezende Matos Freitas, pessoa que representa o interesse dos empresários do sistema de transporte.

Visando elucidar supostos equívocos feitos durante o processo de licitação, o presidente da Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura de São Luís (CPL) na época da licitação dos transportes, Mádison Leonardo Andrade Silva, prestará respostas e explicações sobre como foi esse processo, cujo depoimento deve compor o relatório final com expectativas de soluções efetivas para o sistema de transporte.

Audiência entre rodoviários e empresários

Uma nova audiência entre o Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários do Estado do Maranhão (STTREMA) e Sindicato das Empresas de Transporte (SET) está marcada para sexta (11).

Os sindicalistas afirmam que continuarão a greve com 60% da frota em circulação, de acordo com determinação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 16ª Região. Por meio de nota, o sindicato dos rodoviários alegou ainda não ter recebido contraproposta da classe patronal em relação às reivindicações da classe.

“Se uma solução não for dada, os trabalhadores não descartam a possibilidade de uma nova paralisação geral no transporte público de São Luís, por tempo indeterminado”, pontuou o STTREMA.