O embaixador Ronaldo Costa Filho falou brevemente na ONU após a votação da Assembleia Geral e defendeu o diálogo e as discussões para a paz.

Em Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) desta quarta (2), o Brasil votou a favor da resolução contrária aos ataques da Rússia à Ucrânia.

Dessa forma, a ONU aprovou o documento contra os ataques por ampla maioria, haja vista que o Brasil foi um dos 141 países que votaram a resolução contra a invasão russa da Ucrânia. A sessão teve 5 votos contra e 35 abstenções.

Confira o placar sobre a resolução contra os ataques da Rússia à Ucrânia:

  • 141 votos a favor;
  • 5 votos contra (Rússia, Belarus, Coreia do Norte, Eritreia, Síria)
  • 35 abstenções (China, Índia e África do Sul, entre outros países)

Na oportunidade, o embaixador brasileiro Ronaldo Costa Filho falou brevemente na ONU após a votação da Assembleia Geral e defendeu o diálogo e as discussões para a paz.

“O Brasil continua a exortar todos os atores a desescalar e renovar os esforços em favor de um acordo diplomático negociado entre a Ucrânia e a Rússia que contribua para o restabelecimento da segurança e da estabilidade da região”, declarou.