Deputado citou a senadora Eliziane Gama, o deputado Fábio Macedo, Sebastião Madeira e revelou que só fica no partido se ele for o presidente.

O deputado Estadual Wellington do Curso anunciou que a direção nacional do PSDB decide, nesta sexta (10), o comando do partido no Maranhão.

De acordo com o parlamentar, a legenda vai definir como segue no Estado, seja com candidatura majoritária, com candidatura própria, quem será o próximo presidente, etc. Na ocasião, Wellington falou sobre as possibilidades e mencionou alguns nomes.

“Ha possibilidade de continuar com o comando de Carlos Brandão e tem toda a expectativa de poder ficar sob o comando de Sebastião Madeira. Há também outra possibilidade que foi ventilada com o deputado Fábio Macedo que é ligado, também, ao grupo de Brandão”, disse.

O parlamentar mencionou a chance do próprio deputado, juntamente com Andrea Murad, de comandarem o PSDB no Maranhão, assim como há possibilidade, também, que o partido pudesse ser repassado para a senadora Eliziane Gama, cuja informação foi ventilada nas últimas semanas, por conta da aproximação com o Cidadania.

Na oportunidade, Welligton do Curso disse que falta definir o que vão fazer como senador Roberto Rocha e revelou que só fica no partido se ele próprio for o presidente.

“Existe outra possibilidade que eu nunca descartei, e que até hoje não está descartado e continua no partido, sobre o que vão fazer com o senador Roberto Rocha. Vão ter que definir. E a partir dessa decisão, eu continuo somente se for na direção do partido. Se não for, com essas decisões tomadas, eu saio do partido e vou trilhar outro caminho”, concluiu.