Um total de 32 municípios maranhenses permanecem em monitoramento devido às condições climáticas e o volume dos rios.

O mais recente boletim do Corpo de Bombeiros do Maranhão (CBMMA) considera que 1.273 famílias estavam desabrigadas ou desalojadas devido aos temporais.

O levantamento aponta que 17 municípios já decretaram situação de emergência por conta das chuvas que atingem o estado, cujas cidades são Barra do Corda, Buriti Bravo, Colinas, Formosa da Serra Negra, Fortuna, Grajaú, Imperatriz, Jatobá, Lagoa Grande do Maranhão, Mirador, Paraibano, Parnarama, São Luís Gonzaga, São Pedro da Água Branca, Santa Quitéria, São Roberto e Vila Nova dos Martírios estão em situação de emergência. Um total de 32 municípios maranhenses permanecem em monitoramento devido às condições climáticas e o volume dos rios.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil continua prestando suporte às famílias mesmo com a menor ocorrência de chuvas nos últimos dias e o nível mais baixo dos rios.