Escutec considera que Flávio Dino lidera com 47% da preferência do eleitorado rumo ao Senado e sociólogo do PT reclama por ter ficado de fora.

Após o Instituto Escutec trazer a primeira pesquisa de intenção de votos para o governo do Maranhão, Senado e Presidência da República, políticos do mesmo campo ideológico divergiram.

No que diz respeito à Câmara Alta do Congresso Nacional, cujo levantamento coloca Flávio Dino (PSB) com ampla vantagem na disputa pelo Senado, o presidente do PCdoB/MA e deputado federal licenciado Márcio Jerry comemorou o desfecho, considerando o resultado como fruto do “reconhecimento dos maranhenses ao grande trabalho” que o governador do Maranhão “realiza com competência”.

“Governador Flávio Dino segue em todas as pesquisas liderando com folga a disputa pela vaga do Senado Federal. Reconhecimento dos maranhenses ao grande trabalho que ele realiza com competência, dedicação e honestidade. Pra vitória!!”, afirmou.

Segundo a Escutec Inteligência, o governador Flávio Dino (PSB) lidera com 47% da preferência do eleitorado. No mesmo cenário, Roberto Rocha (PSDB) tem 23%, Othelino Neto (PCdoB) pontuou com 9% e a pré-candidata do PSOL, Antônia Cariongo não pontuou. Sobre a rejeição entre os possíveis candidatos ao Senado, Roberto Rocha, se fosse disputar a reeleição, seria o mais rejeitado com 19%, enquanto que Flávio Dino tem apenas 13% de rejeição.

No entanto, o pré-candidato ao Senado Federal pelo PT, Paulo Romão, afirmou que a pesquisa está a serviço do Palácio dos Leões.

“A Escutec faz jogo sujo do governo”, afirmou o sociólogo ao ficar de fora do levantamento.

Com intervalo de confiança de 95% e margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos, o levantamento está registrado sob o número MA 03951/2022 e foram ouvidos 2 mil eleitores nos dias 17 a 22 de fevereiro. Confira:

Governo do Maranhão

Weverton Rocha (PDT) – 22%
Carlos Brandão (PSB) – 19%
Edivaldo Júnior (PSD) – 12%
Roberto Rocha (sem partido) – 11%
Lahésio Bonfim (PTB) – 9%
Josimar de Maranhãozinho (PL) – 5%
Simplício Araújo (Solidariedade) – 2%
Enilton Rodrigues (Psol) – 0%
Nenhum deles – 9%
Não sabem/Mão responderam – 14%

Rejeição

Josimar de Maranhãozinho (PL) – 23%
Roberto Rocha (sem partido) – 16%
Weverton Rocha (PDT) – 15%
Carlos Brandão (PSB) – 14%
Lahésio Bonfim (PTB) – 12%
Edivaldo Júnior (PSD) – 6%
Simplício Araújo (Solidariedade) – 1%
Enilton rodrigues (Psol) – 1%
Nenhum deles – 5%
Não sabe/Não responderam – 7%

Presidência da República

Lula (PT) – 60%
Jair Bolsonaro (PL) – 22%
Sérgio Moro – Podemos – 6%
Ciro Gomes (PDT) – 5%
Joào Dória (PSDB) – 1%
Nenhum deles – 2%
Não sabe/Não responderam – 4%

*Alexandro Vieira, André Janones, Felipe d’Ávila, Rodrigo Pacheco (PSD) e Simone Tébet (MDB) não pontuaram.

Rejeição

Jair Bolsonaro (PL) – 55%
Lula (PT) – 18%
Sérgio Moro (Podemos) – 10%
Ciro Gomes (PDT) – 5%
João Dória (PSDB) – 5%
Nenhum deles – 3%
Não sabe/Não responderam – 4%

*Alexandro Vieira, André Janones, Felipe d’Ávila, Rodrigo Pacheco (PSD) e Simone Tébet (MDB) não pontuaram.