O Pré-candidato a deputado federal decidiu apoiar a pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) e a sua saída já era dada como certa.

O delegado da Polícia Civil Jefferson Portela entregou ao governador Flávio Dino (PSB) o seu pedido de exoneração da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão.

Pré-candidato a deputado federal, Jefferson Portela decidiu apoiar a pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) e a sua saída poderia ocorrer antes de 31 de março, conforme antecipado pelo Blog.

Por conveniência política e para iniciar atividades de sua pré-campanha em busca de uma vaga na Câmara dos Deputados, nesta eleições, o chefe do Sistema de Segurança Pública decidiu se antecipar sua saída.

Portela era considerado um dos nomes da linha de frente da gestão do governador Flávio Dino (PSB). Agora, com sua saída, especula-se que o possível substituto para comandar uma das pastas mais desafiadoras da administração estadual é o coronel da Polícia Militar, Sílvio Leite, atual chefe do Gabinete Militar do Palácio dos Leões.

No entanto, segundo informações, há o dilema de um militar no comando da Polícia Civil, o que causaria problemas para o governo. O impasse, entretanto, pode ser contornado por se tratar de uma interinidade.

A expectativa é que, no máximo até este sábado (5), Flávio Dino deve fazer o anúncio.