O rendimento domiciliar per capita foi calculado como a razão entre o total dos rendimentos domiciliares (em termos nominais) e o total dos moradores.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou nesta quinta (24) os valores dos rendimentos domiciliares per capita referente ao ano de 2021 para o Brasil e unidades da Federal. De acordo com o IBGE, o Maranhão é o lugar onde seu habitantes recebem menos no país, R$ 635, enquanto o Distrito Federal tem a maior, R$ 2.513.

O rendimento domiciliar per capita foi calculado como a razão entre o total dos rendimentos domiciliares (em termos nominais) e o total dos moradores. Nesse cálculo, são considerados os rendimentos de trabalho e de outras fontes.

Veja na tabela abaixo o rendimento per capita por unidade da Federação:

Unidades da FederaçãoRendimento nominal mensal domiciliar per capita da população residente (R$)
Brasil1.367
Rondônia1.023
Acre888
Amazonas800
Roraima1.046
Pará847
Amapá855
Tocantins1.028
Maranhão635
Piauí837
Ceará881
Rio Grande do Norte1.109
Paraíba876
Pernambuco829
Alagoas777
Sergipe929
Bahia843
Minas Gerais1.325
Espírito Santo1.295
Rio de Janeiro1.724
São Paulo1.836
Paraná1.541
Santa Catarina1.718
Rio Grande do Sul1.787
Mato Grosso do Sul1.471
Mato Grosso1.362
Goiás1.276
Distrito Federal2.513
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento, PNAD Contínua – 2021.