Os Estados Unidos anunciaram duras punições contra a Rússia devido o conflito na Ucrânia.

Nesta quarta (23), a China fez duras críticas ao papel dos Estados Unidos na guerra entre Rússia e Ucrânia, e acusou o governo Joe Biden de alimentar a tensão no leste europeu após anunciar punições contra Moscou. “A questão-chave é saber qual papel os Estados Unidos desempenham. Alguém que joga lenha na fogueira e acusa os outros assume uma postura imoral e irresponsável”, afirmou Hua Chunying, porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores.

A China rejeitou chamar as medidas da Rússia sobre a Ucrânia de “invasão” e pediu “moderação” a todos os lados.“A China está monitorando de perto a situação mais recente. Pedimos a todos os lados que exerçam moderação para evitar que a situação fique fora de controle”, disse o porta-voz do ministério chinês.