Ação virtual completou um mês nesta semana. A pasta nega que tenha ocorrido apagão de dados relativos à Covid-19.

O Ministério da Saúde anunciou que os sistemas da pasta que consolidam os dados referentes à pandemia de covid-19 devem ser completamente restabelecidos até sexta-feira 14.

Na madrugada do dia 10 de dezembro, os sistemas do Ministério da Saúde foram invadidos por hackers. Com o aplicativo em pane, os dados de vacinação contra a covid-19 desapareceram e funcionalidades como a emissão do Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 e da Carteira Nacional de Vacinação Digital não ficaram disponíveis. Em 23 de dezembro, o Ministério da Saúde anunciou que o ConecteSUS tinha voltado a funcionar.

“Desde dezembro, o Ministério da Saúde consegue receber todas as informações: óbitos, agravamentos, casos e vacinação. Com relação à disseminação dos dados identificados para Estados e municípios, os dados do Sivep-Gripe e e-SUS Notifica foram restabelecidos desde dezembro. Os dados da vacinação a gente vai restabelecer no dia 14 de janeiro [ …] Nossa expectativa é que volte a funcionar a parte de hospitalização (Open DataSUS), casos e imunização”, disse o secretário-executivo Rodrigo Cruz.

Segundo o Governo Federal, até o momento o acesso a algumas plataformas foi normalizado: e-SUS Notifica, Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações e ConecteSUS.

O principal sistema ainda não voltou a funcionar: a Rede Nacional de Dados em Saúde, plataforma que engloba todas as informações registradas por Estados e municípios, na ponta do Sistema Único de Saúde (SUS).