“[…] o pior da pandemia já passou […] o mundo só precisa sobreviver ao inverno”, disse o professor e especialista em infecção pediátrica Andrew Pollard.

Em entrevista concedida ao jornal The Telegraph, um dos responsáveis pela equipe que desenvolveu a vacina AstraZeneca contra o novo coronavírus, Andrew Pollard se posicionou contra a estratégia de imunizar sua população cada seis meses.

“Nós não podemos vacinar o planeta a cada seis meses. É simplesmente inviável”, disse o professor e especialista em infecção pediátrica.

Conforme o especialista, que também é chefe do Comitê Conjunto de Vacinação e Imunização do Reino Unido, é preciso “priorizar os mais vulneráveis” nas campanhas de vacinação, ao invés de aplicar doses do imunizante em todos os maiores de 12 anos. A estratégia já esboçada por alguns países, como Israel, de vacinar sua população a cada seis meses, carece de embasamento científico, até o momento, de acordo com Andrew Pollard.

“Em algum momento, a sociedade terá de se abrir. Quando isso acontecer, haverá um período de aumento de infecções, motivo pelo qual o inverno talvez não seja o melhor momento para isso”, declarou.