Ex-deputada disse não ter nada contra o vice-governador, mas não apoiaria uma pessoa que dará continuidade a um governo que ela não aprova.

A ex-deputada estadual Andrea Murad publicou um vídeo nas suas redes sociais neste domingo (30) e descartou apoio ao pré-candidato a reeleição, vice-governador Carlos Brandão.

“Não tenho absolutamente nada contra Brandão. Mas não apoiaria uma pessoa que está querendo dar uma continuidade a um Governo que eu não aprovei e que eu não aprovo. Então, eu não apoiaria Brandão”, afirmou a ex-parlamentar.

Andrea Murad aguarda a saída em definitivo do vice-governador Brandão do PSDB, rumo ao PSB, para retomar tratativas com o presidente nacional do partido, Bruno Araújo, que a convidou para disputar o Governo do Estado pela sigla tucana.

Na oportunidade, a líder do Bloco Parlamentar de Oposição nos períodos de 2015 a 2019 reforçou seu posicionamento e alfinetou o governador Flávio Dino (PSB) sobre relação dele com o ex-presidente José Sarney e incoerência do socialista, que é pré-candidato ao Senado.

“Na política tudo é possível, né. Você não vê o Flávio Dino indo na casa do Sarney pedir para o Sarney ajuda-lo a entrar na Academia [Maranhense] de Letras. Mas tudo de ruim que acontece no Estado o Flávio Dino diz que é culpa do Sarney. Vai entender”.