Senador ressalta que a política social do governador do Maranhão “é o social imoral, que dá com uma mão e toma com as duas”.

O senador maranhense, Roberto Rocha (sem partido), criticou algumas ações feitas pela gestão do governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB).

Por meio de suas redes sociais, Roberto Rocha advertiu sobre a política adotada pelo governador que já tomou milhares de motos de maranhenses, depois, em pré-campanha, distribui capacetes e, no Natal, aumenta significativamente o IPVA. Na oportunidade, o parlamentar fez uma analogia com o período de natalino, afirmando que o “Papai Noel comunista tem o saco na goela”.

“É o social imoral, que dá com uma mão e toma com as duas”, finalizou.