Conforme Daniel Saraiva, coordenador de Vigilância Epidemiológica, cenário sazonal faz com que muita gente procure atendimento, saturando a demanda.

Pacientes com sintomas gripais têm lotado hospitais da Grande Ilha nos últimos dias. Nesta terça (28), unidades o Socorrinho do São Francisco, Upa do Maiobão, Parque Vitória e Vinhais registraram lotação.

Entretanto, especialistas em saúde alertam que São Luís e Região Metropolitana atravessam uma situação sazonal de gripe, ocorrendo sempre no início do período chuvoso, normalmente com aumento expressivo de casos de janeiro até março.

Na semana anterior, A Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou o primeiro caso de Influenza subtipo H3N2 no Maranhão cujo caso se tratava de um menino, de 10 anos de idade, que já se recuperou.