Bolsonaro reagiu às declarações do Sérgio Moro em sua live de quinta. Presidente lembrou de episódios que levantam suspeita sobre atuação do ex-ministro

O presidente Jair Bolsonaro (PL), fez duras críticas ao ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, em sua live na noite dessa quinta (2). De acordo com o chefe do Executivo, o vazamento da troca de mensagens entre Moro e os procuradores da Lava Jato expôs uma “vergonhosa troca de informações”, e com isso, chamou o ex-ministro de “sem caráter”.

Bolsonaro afirmou que Moro mentiu ao dizer como fez em entrevista a uma rádio, na manhã dessa quinta, que ele teria comemorado a saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da prisão.

O chefe do executivo comenta sobre a traição de Moro e de ter saído do ministério da justiça pela porta dos fundos. Falou que o motivo seria que o ex-ministro só aceitaria a troca do diretor-geral da Polícia Federal por sua indicação ao Supremo Tribunal Federal.

Bolsonaro ainda sinalizou que pode revelar quem teria vazado para a imprensa informações coletadas pelo Coaf sobre sua família, na semana que vem. De acordo com o líder, os membros da força-tarefa teriam votado no então candidato Fernando Haddad (PT) contra ele no segundo turno das eleições de 2018.