Com a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello,
Mendonça foi indicado em julho pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar a vaga aberta no STF.

Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, anunciou que vai colocar em pauta na próxima semana a sabatina do ex-ministro da Justiça, André Mendonça, candidato a uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). As sessões de avaliação de 10 indicações pendentes serão realizadas entre 30 de novembro e 2 de dezembro

Em Julho, o presidente Jair Bolsonaro indicou André Mendonça para ocupar a vaga aberta no STF com a aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello. 

Além do ex-ministro da Justiça, outras nove autoridades indicadas para cargos aguardam deliberação na CCJ. São vagas para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e o Tribunal Superior do Trabalho (TST). Mais seis nomes já sabatinados aguardam deliberação do plenário.