Prefeito de Coroatá Luís Amovelar e a Prefeita de Barão de Grajaú Claudimê Araújo tiveram seus mandatos cassados

O prefeito de Coroatá, Luís da Amovelar Filho (PT) e a prefeita de Barão de Grajaú, Claudimê Araújo Lima (PSD) tiveram seus diplomas cassados, por decisão da justiça. Além do prefeito de Coroatá, a Justiça Eleitoral cassou o mandato do vereador Macílio Gonçalves (PCdoB), por prática de abuso de poder econômico nas eleições de 2020.

Após saber a decisão da justiça, o prefeito Luís Amovelar usou uma de suas redes sociais na noite da ultima terça (16), para confirmar a sentença e dizer que vai recorrer.

O Luis Amovelar Filho e Macílio Gonçalves  foram condenados, por tentativa de compra de apoio do Conselheiro Tutelar Jarbas Almeida, no valor de R$ 7 mil. Jarbas filmou toda a negociação, e chegou a receber o dinheiro – posteriormente depositado em juízo.

Já em Barão de Grajaú, o Juiz Titular da 21ª Zona Eleitoral, David Mourão Guimarães de Morais Meneses, cassou os mandatos da Claudimê Araújo Lima (PSD), do Pedro José Alves de Carvalho (PTB) e do Teotônio Alves da Costa Neto (MDB). O motivo da cassação dos mandatos foi por abuso de poder político e econômico nas eleições do ano passado.