O sistema de pagamento instantâneo (PIX) do Banco Central (BC) completa um ano. Entre as novidades, agora o mecanismo pode realizar devoluções. A nova funcionalidade vai agilizar o ressarcimento ao usuário vítima de fraude ou de falha operacional das instituições financeiras.

O mecanismo foi regulamentado por uma resolução editada pelo BC em junho. Assim, as instituições financeiras estavam se adaptando aos procedimentos.

Quando ocorre uma eventual fraude ou falha operacional, as instituições envolvidas precisavam estabelecer procedimentos operacionais bilaterais para devolver o dinheiro. Essa ação complica o processo e dificulta o tempo necessário para que o caso fosse resolvido. Agora, de acordo com o BC, com o Mecanismo Especial de Devolução, as regras e os procedimentos serão padronizados.