Escultura que simboliza a prosperidade da economia nacional foi atacada e depredada por marginais de extrema-esquerda

Vândalos realizaram um ato criminoso na escultura do “touro dourado”, inaugurada nesta semana em frente a sede da Bolsa de Valores, no centro de São Paulo.

O grupo pichou a réplica do “touro de Wall Street”. “O que para eles simboliza a força do mercado financeiro, para nós é um símbolo da fome, da miséria e da superexploração do trabalho. Assim como o Touro de Wall Street é alvo de trabalhadores e trabalhadoras que resistem, aqui o Touro de Ouro também será”, diz a nota publicada pelos manifestantes nas redes sociais.

Os vândalos também grudaram cartaz escrito “fome”. Logo em seguida, funcionários da limpeza urbana da cidade realizaram a limpeza da escultura.

Em setembro, os mesmos marginais haviam invadido a bolsa de valores brasileira.