Hoje distante do prefeito de São Pedro dos Crentes, Thiago Palhares foi um dos primeiros a aderir ao projeto de Lahesio Bonfim.

Em entrevista ao jornalista José Linhares Jr, o empresário e ativista Thiago Palhares explicou seu rompimento com o pré-candidato ao governo do estado, prefeito Lahesio Bonfim. Segundo Thiago, a saída do projeto foi determinada pela falta de liderança do prefeito em seu grupo. “Ele se exime da responsabilidade de liderar as pessoas do seu grupo”, afirmou.

Palhares ainda explicou que foi um dos primeiros a integrar o projeto de Lahesio Bonfim. Para ele, o prefeito de São Pedro dos Crentes conseguia catalisar seus anseios políticos na época. Mas, ele foi se perdendo“, explicou.

DIREITA

Thaigo Palhares foi severo em suas críticas ao que costumou ser convencionado de “direita” no Maranhão. Para ele, a maioria das pessoas que compõe o movimento são aventureiros que tentam se aproveitar do atual momento. “Em sua maioria são pessoas sem história na política que apareceram do nada. É impossível não achar que alguns, não todos, estejam apenas tentando surfar na onda”, disse.

Palhares é pré-candidato a deputado federal e deve apoiar o presidente Jair Bolsonaro no Maranhão. Em relação ao governo, ele disse esperar a determinação do presidente. “Vou seguir a orientação dele (Bolsonaro). E acredito que essa determinação só virá no ano que vem”, concluiu.