Jair Bolsonaro chamou Flávio Dino de “gordinho ditador” durante entrega de 17 mil títulos de terra em Açailândia

Ação do Diretório Estadual do PCdoB contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por propaganda eleitoral antecipada foi rejeitada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA). A derrota do comunista aconteceu nesta terça (28), por unanimidade, uma ação.

A ação foi protocolada depois da mais recente passagem do presidente pelo Maranhão, quando ele chamou o governador Flávio Dino (PSB) de “gordinho ditador” e disse que o Maranhão precisava “se libertar dessa praga”.

O procurador eleitoral Hilton Melo negou a ação em seu parecer. “Tanto o elogio quanto a crítica fazem parte da dialética democrática”, disse.

O poder inquestionável e inabalável do governador do Maranhão Flávio Dino no Maranhão parece ser mais fábula do que realidade.