Números oficiais mostram que enquanto ONU/OMS distribuiu cerca de 90 milhões de doses, governo federal já superou a marca de 135 milhões enviadas aos brasileiros

Enquanto o Brasil atingiu nesta quinta ( 1º) a marca de 135 milhões de doses de vacinas distribuídas, o Consórcio Covax Facility, liderado pela ONU/OMS, no mesmo período enviou 92 milhões de doses. O comparativo dos números mostra que 5568 municípios do Brasil já receberam doses de imunizantes. Já dos 180 membros dos países que aguardam vacinas da ONU/OMS, apenas 134 receberam vacinas.

O COVID-19 Vaccines Global Access (Covax Facility) é uma iniciativa criada ainda no início da nova pandemia para garantir que os países mais pobres também tivessem acesso à vacina. Formada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), pela Comissão Europeia e pelo governo da França, um ano e meio após a pandemia a Covax tem enfrentado grandes dificuldades no cumprimento de seus propósitos.

BRASIL

Além de comprar mais e distribuir mais, o governo Bolsonaro também já aplicou mais vacinas. Dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa e comprovados pelo Ministério da Saúde mostram que 101 milhões de brasileiros já foram vacinados. Sendo que 74,5 milhões tomaram a primeira dose e outros 26,58 milhões tomaram a segunda dose ou dose única.

Os números que comprovam a superioridade do governo brasileiro em relação à Covax Facility podem ser encontrados no site da UNICEF e no site do Ministério da Saúde.

NÚMEROS NO SITE: COVID-19 Vaccine Market Dashboard | UNICEF Supply Division
NÚMEROS NO SITE: Ministério da Saúde – Governo Federal do Brasil — Português (Brasil) (www.gov.br)