João Igor, prefeito de São Bernardo e secretário-geral da Famem, participou da inauguração da nova sede das Promotorias de Justiça de Araioses

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) participou de inauguração da nova sede das Promotorias de Justiça da comarca de Araioses nesta quarta-feira (23).

O prefeito de São Bernardo e secretário geral da Famem, João Igor, esteve representando a Federação e reforçou a relevância da nova sede das Promotorias de Justiça para a melhoria no atendimento ao público. “Parabenizo o Ministério Público pela inauguração desse novo espaço. Quem ganha é a população de Araioses, que terá mais conforto ao procurar o órgão na busca por seus direitos”, destacou.

“O nosso principal objetivo é oferecer à população um espaço digno e acolhedor para que ela possa ser ouvida e bem atendida na busca por direitos”, afirmou Eduardo Nicolau, cujo procurador-geral de justiça esteve na solenidade de inauguração e destacou que o novo espaço de trabalho vai oferecer maior conforto a membros e servidores que atuam na comarca de Araioses, mas que o principal objetivo é receber bem a população que precisa dos serviços do Ministério Público.

Localizado na Avenida José de Alencar, o novo ambiente no bairro Comprida possui uma ampla estrutura com sala de servidores, arquivo, área de serviço, banheiros acessíveis, copa de apoio, gabinetes para promotores, recepção, sala de reunião, entre outros cômodos que vão propiciar condições adequadas para membros e servidores desempenharem suas atividades laborais, além da melhoraria no atendimento ao povo.

“Quero registrar a minha alegria de saber que Araioses está dotada desta estrutura para atender a nossa sociedade. Desejo a unidade dos poderes para que possamos enfrentar a crise sanitária, econômica e social que atinge o Brasil”, afirmou Luciana Trinta, prefeita de Araioses, salientando, também, a importância da inauguração do novo espaço do Ministério Público na cidade.

Além de prefeitos da região, participaram do evento o vice-governador Carlos Brandão; o procurador-geral de Justiça do Estado do Maranhão, Eduardo Jorge Nicolau; o secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares; o diretor das Promotorias de Justiça de Araioses, John Derrick Braúna; a prefeita de Araioses, Luciana Trinta e o deputado estadual, Paulo Neto.