Governo do Estado alega o repasse de 771.416 doses, mas a Prefeitura de São Luís diz ter notas de entrega confirmando o recebimento de apenas 662.605

A Prefeitura de São Luís contrariou a informação da Secretaria de Estado de Saúde do Maranhão (SES) e afirmou o recebimento de 662.605, diferente das 771.416 doses alegadas pela gestão estadual.

Como se não bastasse o atraso no encaminhamento da SES, responsável pelos envios, o que fez com que a gestão municipal deixasse de vacinar duas idades por dia, reduzindo para uma idade ao dia de imunização, o número apresentado pela Prefeitura de São Luís acusa o repasse de 108 mil doses a menos de vacina contra o novo coronavírus. Após a prefeitura da capital emitir nota sobre recebimento e o secretário de Comunicação, Joaquim Haickel, ter desafiado o Governo do Estado a apresentar notas de entrega com o quantitativo informado, o parlamentar Edilázio Júnior (PSD) também se manifestou.

“Eu pensei que a prioridade do governador fosse a vacinação de todos os maranhenses, independente do município. Cadê as vacinas previstas para São Luís, governador? Por que ainda não foram repassadas?”, questionou o deputado federal.